Por pbagora.com.br
Imagem Ilustrativa

A Fundação Espaço Cultural da Paraíba (Funesc) lançou, nessa quinta-feira (18), o Edital de Credenciamento 01/2021, referente à contratação de serviços artísticos para formatação da programação da quarta edição da Matriz – Mostra Feminina de Artes Cênicas e da primeira mostra audiovisual A Tela é Delas. As duas ações serão on-line.

Poderão se inscrever mulheres maiores de 18 anos, residentes na Paraíba, que desejem prestar serviços artísticos nas linguagens de teatro, dança, circo ou audiovisual.  O edital integra a programação de comemoração do Mês das Mulheres e tem parceria com a Secretaria de Estado da Mulher e da Diversidade Humana.

As interessadas deverão se inscrever até o dia 5 de março, por meio do preenchimento do formulário virtual disponível no link https://forms.gle/CL6TDK8DpcmG3yJg6  e da junção dos documentos listados no edital, tanto para pessoas físicas (quando a artista é a contratada), como para pessoas jurídicas (quando a artista é representada, sócia de empresa ou Microempreendedora Individual – MEI).

Além disso, deverão ser informados os links de acesso aos produtos objetos da contratação, sejam eles vídeos-performance, vídeos-relato ou obras cinematográficas de curta-metragem, a depender da linguagem escolhida. É importante ressaltar ainda que somente será possível se inscrever em uma única linguagem/categoria e os pedidos serão analisados pela Comissão Técnica de Credenciamento da Funesc, constituída em ato próprio da Presidência.

Os valores pagos às artistas selecionadas variam de R$ 1.200 a R$ 1.300, a depender da linguagem artística. Dúvidas decorrentes do edital poderão ser dirimidas pelo e-mail credenciamento@funesc.pb.gov.br  e o edital está disponível no site da Fundação, na aba “editais e licitações”.

As atrações selecionadas para o Matriz e para a mostra audiovisual A Tela é Delas farão parte da programação especial do Mês da Mulher. A ação é uma iniciativa do Governo do Estado da Paraíba, por meio da parceria entre Funesc e Secretaria de Estado da Mulher e Diversidade Humana.

PB Agora