Por pbagora.com.br

Um dos teatros mais importantes da Paraíba, o Teatro Íracles Pires, em Cajazeiras, está comemorando 35 anos e terá uma programação intensa para celebrar o aniversário. A Fundação Espaço Cultural da Paraíba (Funesc) abre nesta quinta-feira (9) o período de inscrições para recebimento de propostas de apresentações de espetáculos. A entrega deve ser presencial e termina dia 14, no ICA.

A curadoria das propostas recebidas será realizada nos dias 15 e 16, com divulgação do resultado no dia 17. O evento acontece de 21 a 26 de janeiro, em Cajazeiras (sendo a Oficina Avançada de Iluminação Cênica, com Eloy Pessoa, entre 21 e 23). As apresentações de espetáculos de teatro e dança serão nos dias 24, 25 e 26.

O teatro Íracles Pires, em Cajazeiras, é o primeiro do Sertão da Paraíba, inaugurado em 26 de janeiro de 1985. Reinaugurado em março de 2018 após uma reforma no valor de R$ 5 milhões (investidos em obras estruturais e elétricas). Com a ampliação, o ICA passou a ser o maior do Interior (área de 965,70m²) com a capacidade de público aumentada de 180 para 284 lugares, além de equipamentos modernos e total acessibilidade.

Ainda foi criado no local um painel inspirado nas formas geométricas e coloridas do cubismo e instalada uma tela do artista plástico e escultor Wilson Figueiredo, que retrata Íracles Pires, personalidade histórica na cena teatral.

Mostra Sertão – Mês passado, a Funesc realizou em Cajazeiras a Mostra Sertão de Teatro, Dança e Circo. Em sua primeira edição, o evento recebeu espetáculos de várias cidades da região, a exemplo de Pombal, Sousa, Uiraúna, São João do Rio do Peixe e Joca Claudino. As atividades aconteceram no Teatro Íracles Pires. O homenageado foi o saudoso teatrólogo Roberto Cartaxo.

O evento foi planejado com a finalidade de estimular e popularizar a fruição das artes cênicas no Sertão da Paraíba e também promover encontros e vivências com as demais regiões paraibanas. Por meio de edital foram selecionadas 12 propostas artístico-culturais.

Do total, nove dos projetos selecionados foram da região do Sertão, sendo um de circo, três de dança e cinco de teatro. A Mostra Sertão não teve caráter competitivo e todos os espetáculos selecionados receberam cachê no valor de R$ 2.000,00 (dois mil reais).

Os grupos contemplados de fora do município de Cajazeiras, além do cachê, receberam uma ajuda de custo no valor de R$ 300,00 (trezentos reais). Além das artes cênicas, o evento contemplou a área de música.
PB Agora

Deixe seu Comentário