A Paraíba o tempo todo  |

Festival de Música da Paraíba projeta compositores no cenário musical paraibano

Os artistas paraibanos dispõem de uma grande ferramenta de visibilidade e projeção midiática ofertadas pelo Festival de Música da Paraíba. A competição, que já contou com quatro edições, teve, até o ano passado, mais de mil composições inscritas, 114 canções selecionadas, sendo 27 delas finalistas, e ofertou o total de R$ 88 mil em premiações para os três primeiros colocados, além do melhor intérprete e, ano passado, o mais votado do público pela internet. Muitos compositores já estão se inscrevendo para edição deste ano, cujo prazo vai até o dia 6 de março. Os interessados devem acessar o endereço: www.radiotabajara.pb.gov.br/festivaldemusica.

A participação em um festival, para uma boa parte dos compositores e intérpretes, oferece a oportunidade aos artistas para apresentarem seu trabalho ao grande público. Foi o que destacou J. Caetano, mais conhecido por Filosofino, que conquistou o segundo lugar no III Festival de Música da Paraíba, com a canção “Manifesto dos Cantos”, inscreveu uma composição na edição passada e já se prepara para participar na competição deste ano.

“É uma oportunidade pra gente que está na música e que, de certa forma, não é tão visto, mesmo fazendo um trabalho há mais de cinco anos. E aparecer num evento como esse é bem importante para a carreira, ainda mais quando premiado. Vem mais participações nas rádios, a música sendo mais tocada, tudo isso faz uma grande diferença para quem é músico independente, autoral”, ressaltou.

Titá Moura, que já participou de três edições do Festival de Música, finalista nas duas primeiras, destacou o papel que o evento cumpre na cena cultural paraibana. “O festival tem se estabelecido como um dos eventos mais impactantes no cenário geral da nossa música. Primeiro porque concentra muita atenção das audiências pelo estado, também é uma mostra do pensamento cultural no momento, além de fortalecer as vozes que se apresentam ali”, disse.

Para participação no evento deste ano, os interessados já podem acessar o endereço eletrônico: www.radiotabajara.pb.gov.br/festivaldemusica e garantirem a chance de estar entre as 30 canções selecionadas, até o dia 6 de março.

Quem pode participar – Podem participar artistas paraibanos com residência comprovada no território estadual ou artistas de outros estados, desde que igualmente comprovem ser residentes na Paraíba há pelo menos dois anos. Além disso, é preciso ter idade acima de 18 anos e se inscrever com música autoral inédita, uma vez que a natureza do festival é de revelação e valorização do artista autoral.

Realização – O festival é realizado pelo Governo do Estado por meio da Secretaria de Comunicação Institucional – Secom PB, a Empresa Paraibana de Comunicação – EPC e a Fundação Espaço Cultural da Paraíba – Funesc. As duas eliminatórias e a grande final acontecem respectivamente nos dias 27 e 28 de maio e 4 de junho de 2022.

Homenageada – Nesta edição de 2022, a personalidade musical homenageada é a cantora e compositora Inês Caetano de Oliveira – Marinês, conhecida como a “A rainha do Xaxado”. Ela nasceu em São Vicente Férrer-PE, no dia 15 de novembro de 1935, mas mudou-se ainda criança com a família para Campina Grande-PB, no bairro da Liberdade, lugar onde criou raízes. Em 1950, conheceu o mestre Abdias do acordeon, que apresentou Marinês ao repertório de Luiz Gonzaga, que a encantou.

A partir daí ela passou a ser a voz feminina da música nordestina, montando a Patrulha de Choque do Rei do Baião. Anos depois foi convidada por Gonzaga a integrar as suas apresentações, seguindo para o Rio de Janeiro e foi coroada pelo mesmo, como a ‘Rainha do Xaxado’ (dança típica dos cangaceiros de Lampião). Marinês faleceu em 14 de maio de 2007, aos 71 anos.

A premiação será oferecida apenas aos participantes da final, que acontece no dia 4 de junho:
1º lugar: R$ 10.000,00 (dez mil reais)
2º lugar: R$ 7.000,00 (sete mil reais)
3º lugar: R$ 5.000,00 (cinco mil reais)
Melhor intérprete: R$ 3.000,00 (três mil reais)
Melhor canção pelo voto popular: crédito no valor de R$3.000 (três mil reais) para aquisição de equipamento ou instrumento musical.

 

Da Redação com Assessoria

PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe