Fãs do ídolo adolescente Justin Bieber, que se apresentou nesta quarta (5) no Engenhão, zona norte do Rio, acampam em frente ao estádio para o show desta quinta.

Tem gente que deu até desculpa no trabalho e na escola para ficar mais perto do cantor. “Para meu chefe, eu estou operado. Qualquer sacrifício vale a pena pelas minhas filhas”, disse o mecânico Sergio Luiz, 43, acampado desde a última sexta-feira (30/9).

A pedagoga Vera Lucia Barros, 47, também acha que tudo vale a pena quando se trata da filha, Thaís de Oliveira, 14. “Fiquei ontem (quarta) na fila desde as 6h pra ela ir hoje e agora vou ficar pra ela vir amanhã”, disse, com os olhos quase fechando tamanho o cansaço.

Questionados se eles têm medo de sofrer algum tipo de violência, os pais reclamam logo da organização do evento.

“Teve muita confusão mais cedo. Eles deviam organizar melhor isso”, reclamou a estudante de Maceió, Beatriz de Azevedo, 31.

Além da falta de organização na fila, Azevedo apontou ainda outro problema sério. “A amiga da minha filha torceu o pé e, ao invés de levarem ela para o hospital, largaram ela na porta do estádio, numa cadeira de rodas, para o pai levar. Nem o Samu quis mandar uma ambulância”, disse.


FOLHA.COM

Deixe seu Comentário