Mais de três décadas de festa que mantem as tradições, os costumes e as raízes do porque nordestino. É o que pode ser conferido em uma exposição virtual que retrata a realidade sem festa dos profissionais que atuam no São João nesse mês de junho, no site de turismo de Campina Grande. O projeto, “O descolorir da tradição – Sonhos em quarentena”, mostra profissionais como cantor, costureira, sanfoneiro, apresentador e quadrilheiro, que nessa época deveriam estar no aquecimento para São João da cidade.

A exposição é toda em preto e branco, pois visa traduzir em fotos que o São João foi pausado para priorizar a saúde. A festa deste ano foi adiada para outubro devido ao novo coronavírus.

Os registros são do fotógrafo e publicitário Emanuel Tadeu, que há cinco anos fotografa as festas juninas da Rainha da Borborema.

Todas as fotos serão acompanhadas por poemas de Lima Filho, produtor, cultural, compositor e poeta cordelista que realiza trabalho com cordéis personalizados e apresentação de eventos em cordéis com seu personagem Virgulima de Campina.

Redação

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

A fé de cada um em tempos de pandemia; especialistas comentam a importância na ‘fé humana’

Em tempos de dor, medos e incertezas, é natural e esperado que cada um procure um caminho que lhe traga conforto, doses de confiança e a chance de encontrar a…