Por pbagora.com.br

Acantora Elba Ramalho é a principal atração musical desta terça-feira(4) por ocasião da inauguração do novo Ponto de Cem Réis, no centro deJoão Pessoa. O show faz parte da programação cultural do evento quecomemora os 424 anos da Capital. A programação, que tem início a partirdas 17 h, com atividades de dança e conta também com shows de Mané deBia, Orquestra Sanhauá e Adeildo Vieira. O show de Elba está previstopara começar às 23h30. Também está programado um grande showpirotécnico, colorindo os céus da terceira cidade mais antiga do País.

Arestauração completa do complexo arquitetônico, considerado um dospasseios públicos mais tradicionais da Capital conta com novosequipamentos e iluminação ornamental, que faz parte do projeto derevitalização de praças e parques, realizado pela Prefeitura de JoãoPessoa (PMJP).

Cerimônia – Por volta das 18h40, o prefeitoRicardo Coutinho (PSB), acompanhado de diversas autoridades, comandaráa cerimônia que marcará, oficialmente, a entrega do equipamento públicoà população.

Logo após, o público confere apresentação daorquestra Sanhauá e do show do músico paraibano Adeildo Vieira. Aprefeitura fará uma homenagem ao compositor Livardo Alves, que terá umaestátua feita em tamanho natural, colocada em um bando da praça,posicionada mesmo em frente ao Hotel Paraíba Palace. Livardo Alvesficou imortalizado no cenário brasileiro por suas composições, entreelas a famosa marchinha carnavalesca ‘Marcha da Cueca’.

Filhado Sertão – Por volta das 23h, a cantora Elba Ramalho sobe ao palcomontado na Rua Visconde de Pelotas e dará às boas vindas arevitalização e recuperação do Ponto de Cem Réis. Com três décadas decarreira Elba Ramalho promete botar todo mundo para dançar e cantarinesquecíveis sucessos da sua carreira. Filha do sertão nordestino,dona de um timbre inconfundível e de uma energia eletrizante, a artistamantém a verve de iniciante e continua a contagiar o público por ondepassa.

Uma carreira iniciada no final da década de 70, quando,após integrar o elenco da montagem original da peça ‘A ópera domalandro’, de Chico Buarque, a cantora surpreendeu o País com o LP ‘Avede Prata’, inspirado na composição homônima de Zé Ramalho. O disco jáincluía canções de compositores nordestinos, uma das marcas da cantoraao longo da carreira, além da faixa ‘Não sonho mais’, de Chico Buarque.

‘Balaiode Amor’, este é o título do mais novo álbum de Elba Ramalho, que esteano, comemora 30 anos de carreira com um disco repleto de xotes ebaiões, além do choro ‘Ilusão nada mais’, de Dominguinhos e FaustoNilo. O CD, produzido na gravadora ‘Biscoito Fino,’ traz aindagravações dos compositores nordestinos Chico Bezerra, Acioly Neto,Maciel Melo, Dominguinhos, Rogério Rangel, Petrucio Maia, AntonioBarros e Cecéu, Terezinha do Acordeon, Flavio Leandro e do sanfoneiroCezinha, que assina a produção do disco com a cantora.

Mané deBia – O cancioneiro popular Mané de Bia, que mora na cidade de SantaLuzia e recentemente lançou um livro-CD ‘Cocos, aboios e outros poemasde Mane de Bia’, organizado pelo Coletivo de Cultura e Educação Meio doMundo e patrocinado pelo Programa BNB de Cultura Edição 2008, do Bancodo Nordeste do Brasil S.A.

O livro-CD resultou de uma experiênciacompartilhada entre o autor da criação artística oral e a equipeencarregada da pesquisa e da edição. O diálogo foi contínuo, contandocom a participação de Mané de Bia e seus familiares desde a seleção dospoemas narrativos e canções até as fases de revisão de transcrição detextos e seleção final das faixas do CD.

Sanhauá da Paraíba – AOrquestra Sanhauá da Paraíba, que surgiu em 2008, idealizada pelosmúsicos José de Arimatéia – Teinha e Heleno Filho – Costinha, segundoeles, a partir da necessidade de se ter na Capital, uma formaçãomusical voltada para a pesquisa da música brasileira em todas as suasvertentes, utilizando a linguagem da música instrumental, dando ásobras executadas, sua própria linguagem interpretativa através dearranjos autorais, com um toque contemporâneo que vem sendo sua marcaregistrada, explorando ao máximo o virtuosismo dos músicos integrantesda mesma.

 

Adeildo Vieira – O músico paraibano AdeildoVieira vai mostrar a sua poesia e sensibilidade musical, neste show, oartista faz uma verdadeira retrospectiva da sua carreira, além deintercalar com algumas canções do seu novo CD,’Há braços’. Acompanhadoda banda formada pelos músicos Léo Meira (guitarra), Gledson Meira(bateria), Jorge Negão (baixo), Helinho Medeiros (teclado) e DidaVieira (vocal), Adeildo Vieira vai apresentar um repertório que contacom composições marcantes da sua trajetória artística, a exemplo de’Amorério’, ‘Chega Junto’, ‘Olhos de Paisagem’ e ‘Diário de Bordo’.

Programação Inauguração da Praça Vidal de Negreiros

Dia 04 de Agosto a partir das 17h

17h 00 – Apresentação Bate Com Lata (Praça)

17h20 – Mané de Bia (Palco Secundário)

17h50 – Banda 05 de Agosto (Praça)

18h20 – Banda do 1º Grupamento de Engenharia da Guarnição do Exército (Praça)

18h40 – Solenidade Formal de Inauguração (Praça)

Hino Nacional (pela banda 1º Grupamento de Engenharia da Guarnição do Exército) e hasteamento das bandeiras.

Descerramento da placa e busto de Vidal de Negreiros

Homenagem a Livardo Alves com inauguração da estátua do artista

Falas das autoridades (Palco Principal)

19h40 – Orquestra Sanhauá – tocando as músicas de Livardo e de outros artistas. (Palco Principal)

20h40 – Dança de Rua (Palco Secundário)

21h10 – Show de Adeildo Vieira e Banda (Palco Principal)

23h15 – Show Pirotécnico (do antigo prédio do INSS)

23h30- Show de Elba Ramalho e Banda (Palco Principal)

Obras do ‘Ponto de Cem Réis’
serão inauguradas nesta 3ª feira

 

Asobras de revitalização da Praça Vidal de Negreiros, conhecida pelospessoenses como “Ponto de Cem Réis” serão inauguração nesta terça-feira(04), véspera do aniversário de 424 anos da Capital. A intervenção,orçado em R$ 1.763.148,23, faz parte do Projeto de Revitalização dePraças e Parque do Governo Municipal, executado pela Secretaria deInfraestrutura (Seinfra).

Os serviços estão concentrados nosacertos finais do piso, iluminação, bancos, pintura e jardinagem, alémda colocação dos domus, que é uma estrutura metálica em forma depirâmide, instalada para facilitar a ventilação e a colocação dailuminação local. As obras seguem na etapa final também nos serviços derestauração das calçadas da Rua Padre Meira.

Com o término daobra e a retirada dos tapumes, os pessoenses vão poder visualizar umnovo espaço, amplo e moderno destinado a melhor circulação das milharesde pessoas que transitam no local diariamente. No Ponto de Cem Réis jáexistiram trilhos por onde passavam o bonde elétrico com o cobradoranunciando a tarifa de “cem réis”. Nos arredores também existia umapraça e uma alça ligando a avenida Guedes Pereira à Duque de Caxias,que hoje cederam lugar a um pátio que impressiona pelas dimensões:5.214 metros quadrados. “As obras da Praça Vidal de Negreiros são ummarco na proposta de requalificar os espaços públicos”, disse osecretário da Seinfra, João Azevêdo.

O Projeto de Revitalizaçãode Praças e Parque do Governo Municipal tem se preocupado com arecuperação e preservação das peças de artes instaladas em espaçospúblicos. O busto Vidal de Negreiros ganhou um novo pedestal, emgranito. A peça foi retirada da praça no início das obras e está sendorestaurada.

Na praça também caberá uma homenagem ao compositorLivardo Alves, famoso pela composição da marchinha carnavalesca “Marchada Cueca”. Ele será imortalizado numa estátua em bronze, em tamanhonatural, sentado num banco de praça. A reconfiguração do local seráestabelecida também com a instalação de uma placa com o nome doex-prefeito de João Pessoa Damásio Franca, que passou de viaduto atúnel
 

 

 

 

Assessoria