A Paraíba o tempo todo  |

É apaixonado por ecoturismo? Conheça as melhores grutas e cavernas na PB para se visitar!

O Centro Nacional de Pesquisa e Conservação de Cavernas (CECAV/ICMBio) promoveu entre os dias 22 e 26 de novembro de 2021, na Serra do Cipó (MG), a oficina presencial de elaboração do Plano de Ação Nacional para Conservação do Patrimônio Espeleológico Brasileiro (PAN Cavernas do Brasil). O evento teve como objetivo planejar, de forma participativa, uma estratégia para conservação do patrimônio espeleológico e das espécies cavernícolas ameaçadas de extinção, trouxe especialistas da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), que destacaram que o estado tem 20 cavernas que estão distribuídas entre municípios que vão do Litoral ao Sertão.

Reunindo 25 participantes de 14 instituições, entre pesquisadores, especialistas, terceiro setor e instituições públicas, a oficina permitiu uma interação produtiva entre os diferentes setores da sociedade que trabalham em prol da conservação do patrimônio espeleológico brasileiro e obteve como produto a matriz de planejamento, que é a base operacional de todo o PAN.

Na Paraíba – A maioria das cavernas estão localizadas no Agreste, Seridó e Curimataú do estado, sendo essas regiões um grande potencial espeleológico (relativo ao estudo e exploração das cavernas). No entanto, é em João Pessoa e Santa Rita onde encontram-se as duas maiores cavernas paraibanas já descobertas e registradas, de acordo com dados do Cadastro Nacional de Cavernas do Brasil (CNC).

Com mais de 300 metros de extensão, a ‘Caverna da Onça’ fica dentro de uma propriedade privada nas imediações do Bairro das Indústrias, na capital paraibana, e é aberta para visitação de turistas, pesquisadores, universitários e demais interessados em conhecer o local. Para chegar até a caverna é preciso percorrer a pé uma trilha de aproximadamente dois quilômetros.

A cavidade é de composição arenítica (constituída por rochas sedimentares), e não é muito profunda. De acordo com pesquisadores, o desnível é de pouco mais de três metros com relação ao nível do solo. Além da vegetação de mata nativa, possui uma fauna diversificada, servindo de abrigo para morcegos, aranhas caranguejeiras, cobras e outras espécies animais.

Outro local bastante conhecido entre os praticantes do espeleoturismo (exploração turística de cavernas) é a Caverna do Índio, situada às margens do Rio Mumbaba, no município de Santa Rita. A caverna é a segunda maior do estado, com cerca de 180 metros de extensão e mais de quatro metros de profundidade.

Confira as cavernas registradas e suas respectivas cidades no estado:

Cavernas registradas na Paraíba
NOMEMunicípio
AstrosCongo
Camarinhas do FundãoJunco do Seridó
CaxingóPrata
CondadoCatolé do Rocha
Furna da OnçaMonte Horebe
Furna do Nego ZéNova Palmeira
Caverna do ÍndioSanta Rita
Gruta do Lobo-GuaráSanta Rita
Caverna do MarésSanta Rita
Caverna da OnçaJoão Pessoa
Gruta de Padre Bento IPocinhos
Pedra da Boca IAraruna
Pedra da Boca IIAraruna
Pedra do FundãoNova Palmeira
Gruta da PedreiraBaraúna
Gruta de Santa CatarinaNazarezinho
Gruta dos LetreirosAraruna
Gruta de São JoséJunco do Seridó
Serra das PorteirasNova Palmeira
Sítio Pinturas ISão João do Tigre

Da Redação com CNC/ CECAV/ICMBio

PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      1
      Compartilhe