Por pbagora.com.br

 Co-fundador e CEO da Netflix, Reed Hastings esteve presente na manhã desta terça-feira (07) em São Paulo, onde falou em um seminário destinado a um seleto grupo da imprensa. O NaTelinha foi um dos veículos convidados.

 

O executivo abordou a importância do Brasil na parceria e projeção do consumo de entretenimento na atualidade.

 

Por volta das 10h10, subiu ao palco de uma das salas do Hotel Unique, sorridente, explanou aos presentes o crescimento da Netflix, desde seu lançamento por aqui em 2011, enfatizando produções como “Chef’s Table” e “Narcos”.

Aproveitou ainda para mostrar um vídeo anunciando a produção da série brasileira “Samantha”, que iniciará as filmagens neste ano. A comédia contará a vida de uma ex-celebridade mirim dos anos 80, que prepara seu retorno ao estrelato, enquanto em sua vida pessoal, sofre o drama de ter um marido presidiário, pronto a voltar pra casa, após dez anos preso. “Esse é o tipo de conteúdo que vai espalhar a cultura brasileira ao redor do mundo. Estamos muito animados em trazer esta série no ano que vem”, bradou.

 

Ao finalizar a exibição, o americano abriu um período para perguntas, e num espaço de meia hora, respondeu todas as questões de forma simpática e bem humorada. Deixou claro que a empresa vem investindo cada vez mais em conteúdo e em tecnologia, garantindo a satisfação do consumidor final ao adquirir os produtos preferidos.

 

Sobre a Netflix

 

A Netflix é o principal serviço de TV por internet do mundo, com mais de 93 milhões de assinantes em mais de 190 países assistindo a mais de 125 milhões de horas de filmes e séries por dia, incluindo séries, documentários e filmes originais.

 

O assinante Netflix pode assistir a quantos filmes e séries quiser, quando e onde quiser, em praticamente qualquer tela com conexão à internet.

 

Sobre Reed Hastings

 

Nascido em 08 de outubro de 1960, é um empresário americano e filantropo. Além de presidir a Netflix, também serve nos conselhos do Facebook e diversas organizações sem fins lucrativos. Ex-membro do Conselho Estadual de Educação da Califórnia, apóia a reforma da educação através de “escolas charter”. Em 2014 foi eleito um dos milionários mais influentes pela Revista Forbes.

 

Na Telinha