Por pbagora.com.br

Naldo Benny pagou o proporcional a setembro da pensão alimentícia de seu filho, Pablo Jorge, nesta terça-feira (10) e não corre mais o risco de ser preso. Pelo menos não por enquanto, segundo o escritório Ricardo Horácio & Advogados Associados – que cuida dos interesses da ex-mulher do músico, Branka Silva – explicou para O Fuxico. 

 

É que o cantor, após depositar os 30 mil reais referentes a este mês, pode voltar a ter problemas com a justiça, se não quitar as mensalidades de julho e agosto. Branka já entrou com pedido judicial para obrigar o ex-marido a pagar os atrasados. Se a quantia não tiver quitada até a audiência com o juiz, marcada para outubro, o cantor poderá ser preso.

Nesta segunda-feira (9), Branka publicou em seu Instagram mensagem misteriosa, que pode fazer referência ao atraso do ex sobre o pagamento da pensão.

“Deus, em sua infinita sabedoria, te mostra o que é honrar os porcos com pérolas. Fazendo o mesmo que você! Prepara… A justiça de Deus não falha”, dizia o texto da foto.

Procurada por O Fuxico, a assessoria de imprensa do cantor não retornou as ligações até o fechamento desta matéria.

O valor do benefício foi determinado pela Vara de Família do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro em julho deste ano. Antes disso, Naldo pagava 4 mil.

 

Em tempo: Naldo vive a expectativa de seu casamento com Ellen Cardoso, a Mulher Moranguinho, marcado para o dia 23 deste mês em uma grandiosa cerimônia no Rio de Janeiro.

 

 

O fuxico

Notícias relacionadas

Lei cria Dia Nacional do Sanfoneiro, em homenagem a Sivuca

A data de nascimento do músico paraibano Severino Dias de Oliveira, Sivuca, a partir de agora também é de comemoração ao Dia Nacional do Sanfoneiro. O dia 26 de maio…