Por pbagora.com.br

Além da programação cultural, os turistas poderão se aventurar pela serra e pelas delícias do ‘Festival Gastronômico: Banana, Tilápia e Cachaça’

A partir da próxima segunda, 26, a cidade de Bananeiras será palco do ‘Caminhos do Frio- Rota Cultural 2010’. Durante toda a semana, os visitantes poderão participar de oficinas culturais e atividades do ‘Aventura e Arte na Serra’, evento que deverá atrair milhares de pessoas ao município.

Localizada na Serra da Borborema, as temperaturas em Bananeiras variam entre 12°C a 31°C , chegando a até 10° no inverno. A cidade possui ainda vários roteiros turísticos que valorizam sua natureza, história e cultura, além das belezas naturais que devem encantar os visitantes. “O evento vem crescendo assustadoramente a cada ano, cheguei a me preocupar com a quantidade de leitos, mas foram inaugurados dois hotéis com mais de 360 vagas que devem acomodar os turistas. A expectativa é de que cerca de 15 mil pessoas passem por Bananeiras até o domingo”, comemora a Secretária de Cultura e Turismo do Município, Ana Gondim.

Acontecerá ainda, na quinta, 29, dentro da programação do `Caminhos do Frio`, a abertura da ‘Exposição de Fotografias: Memória Imaterial de Bananeiras’ e do ‘Festival Gastronômico: Banana, Tilápia e Cachaça’, que revela a criatividade culinária dos comerciantes locais. Cada chef de cozinha dos estabelecimentos participantes criou uma nova receita fazendo uso de um, dois ou dos três ingredientes que dão nome ao festival. Eles criaram um prato específico de acordo com o local. A padaria criou um pão de banana com rapadura; um self-service regional inovou com frango flambado na cachaça; o pesque pague irá servir bolinho de macaxeira com tilápia e assim por diante.

São 13 bares, restaurantes e pousadas, que servirão essas novas iguarias durante todo o final de semana e depois serão incorporados aos cardápios dos estabelecimentos. “Trata-se de um evento muito importante para a gastronomia, o turismo e até a economia local”, comentou Regina Amorim, gestora de Turismo do Sebrae Paraíba.

Além da gastronomia, a programação cultural também está recheada este ano, com atrações que vão desde o clássico até o contemporâneo, para agradar os mais variados gostos. “Estamos valorizando a cultura regional em todos os âmbitos, com apresentações em todos os estilos, desde o balé até o pagode e chorinho”, disse Regina.

 “Este é um dos eventos mais importantes do calendário local, pois o turismo movimenta a economia como um todo, gerando renda em todos os segmentos. Com a vinda dos turistas, não é só a rede hoteleira que sai ganhando, mas todas as cadeias produtivas locais, e esse movimento na economia acaba aumentando a qualidade de vida da população”, explicou Ana Gondim

 

 

Foto: Simone Duarte
 

Sebrae/PB

Notícias relacionadas

Novo decreto em Cabedelo, PB, permite apresentações musicais em bares e restaurantes

Um novo decreto com medidas restritivas contra a Covid-19, em Cabedelo, entra em vigor a partir desta quarta-feira (21), e segue até 2 de maio. O texto, em alinhamento com…

Programa Espaço Cultural tem entrevista com DJ indígena

Dentro da programação do Aldeia Digital 2021 – Inĩ Pupé: Arte, Ciência e Direitos dos Povos Indígenas da Paraíba’, o programa Espaço Cultural desta quinta-feira (22) traz um bloco de…