A Paraíba o tempo todo  |

Treta no MS: Assessor de Queiroga diz que ‘capitã cloroquina’ quer puxar o tapete do ministro

O chefe de gabinete de Marcelo Queiroga, Ministro da Saúde, João Lopes de Araújo Júnior, acusou a secretária de Gestão do Trabalho, Mayra Pinheiro, conhecida como “capitã cloroquina”, de tentar derrubar o ministro, e disse que ela pode prejudicar o presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

De acordo com uma troca de mensagens entre os dois, que o blog da colunista Ana Flor, do g1, teve acesso, João Lopes diz que Mayra está “tramando coisas terríveis” e que ela não é leal a Queiroga.

“Tive informações de dentro do Palácio [do Planalto] sobre o que anda fazendo e falando, e você não tem qualquer lealdade ao ministro [Queiroga]. Sei de todos os nomes envolvidos nessa tentativa de retirada do ministro”, diz o chefe de gabinete.

João Lopes também diz que Mayra acabará prejudicando Bolsonaro, sabotando-o para prejudicá-lo nas Eleições de 2022.

“Você vai terminar é prejudicando muito o presidente. Estão se organizando para sabotá-lo para prejudicar a reeleição do presidente”, escreve João Lopes.

Mayra apenas responde que irá abrir um boletim de ocorrência contra o chefe de gabinete por conta das acusações que ele a fez. As imagens foram retiradas do celular de Mayra e apresentados à Polícia Civil do Distrito Federal no registro do boletim de ocorrência. Veja a conversa abaixo.

Com informações do IstoÉ

    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      1
      Compartilhe