A Paraíba o tempo todo  |

Sorrateira, Amy chega quase invicta para show no Recife

Foram muitas as especulações de que Amy Winehouse não chegaria invicta ao show no Recife. Saco de pancada dos seguidores dos bons modos, admirada pela turma do deixa disso, a inglesinha-problema está no olho do furacão desde que passou a habitar um hotel em Santa Tereza, no Rio de Janeiro, QG de onde só sai para cumprir a agenda de compromissos. Por sinal, a produção do show no Recife garante que aqui ela chega de jatinho fretado às 22h desta quinta-feira (13), e para um bate-volta: fecha a programação do Recife Summer Soul Festival, no Pavilhão do Centro de Convenções, após shows de Janelle Monáe e Mayer Hawthorne.

Nestes dias sob o sol brasileiro Amy aprontou de leve. Nada que desabone sua fase, dizem, rehab, mas longe de ser aprovada com louvor. A cantora posou na sacada do hotel com os seios à mostra, precisou de uma ajudinha para deixar a piscina após umas doses a mais, andou de toalha na cabeça entre os hóspedes. Dizem inclusive que já deu tempo de um britânico ter feito seu coração disparar. É a mesma intensa Amy de sempre.

Mas a vida não regrada e os escândalos (ou a falta deles), que sempre deixaram para segundo plano o vozeirão de Amy, desta vez parecem competir em pé de igualdade. As três vezes que a inglesa subiu ao palco no Brasil (uma em Florianópolis, duas no Rio) vieram seguidas por uma série de desaforos da plateia. O público se sentiu desprestigiado. Os relatos são de apresentações curtíssimas (às vezes com menos de uma hora de duração), de uma Amy que não cuprimentou seus fãs ao entrar, muito menos ao terminar o show, deixando o público ávido por uma saudação a ver navios.

Ms. Winehouse chegou a esquecer a letra de sua música mais autobiográfica, Rehab [veja no vídeo acima], cuspiu e deu boas goladas em cerveja no palco. Irrelevante é dizer que o público odiou – ou, vejam só, amou – sua ceninha. É a mesma Amy que atrai e repulsa de sempre.

E como uma diva ou um bicho em extinção, dependendo de quem a olhe, reuniu milhares a cada aparição. Invicta ou não, Amy é a bola da vez.

AO VIVO – A cobertura completa do show de Amy Winehouse – e de todo o festival – será feita pelo JC Online via Twitter. Para acompanhar em tempo real a movimentação no Centro de Convenções e os destaques das apresentações, basta seguir o @JC_Lazer.

Horários do Recife Summer Soul Festival:
19h: abertura dos portões
21h: Mayer Hawthorne
22h30: Janelle Monáe
0h: Amy Winehouse

 

JC

PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe