O presidente da Câmara, Rodrigo Maia, acompanhado de líderes partidários, durante coletiva sobre a reforma da Previdência. O relatório do deputado Samuel Moreira deve ser apresentado amanhã na Comissão Especial da Reforma da Previdência.

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM), voltou a criticar nesta quinta-feira (30) o ministro da Educação, Abraham Weintraub, afirmando que o ministro “atrapalha o Brasil”.

“O ministro da Educação atrapalha o Brasil, atrapalha o futuro das nossas crianças, está comprometendo o futuro de muitas gerações. Cada ano que se perde com a ineficiência, com um discurso ideológico de péssima qualidade na administração, acaba prejudicando os anos seguintes. Mas quem demite e quem nomeia ministro é o presidente”, afirmou Maia após participar de um evento sobre economia e as reformas necessárias ao país em São Paulo.

As críticas de Maia ocorrem após problemas na divulgação de resultados das provas do Enem e no Sistema de Seleção Unificada (Sisu).

“Ele é um desastre, acho que atrapalha o futuro de milhões de crianças. A situação é grave. Mas se vai demitir ou não, eu não tenho preocupação com isso. Este não é o meu papel. Perguntaram minha opinião e eu falei”, disse Maia.

Maia já havia criticado Weintraub e o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, na quarta-feira (29), após deixar um evento com economistas, investidores e representantes do poder público em São Paulo.

Na quarta, o presidente da Câmara havia comentado que Salles não tinha mais condições de “ser o interlocutor”. Mas, nesta quinta, mudou um pouco o tom quanto a ele.

‘É claro que o ministro do Meio Ambiente é diferente do ministro da Educação. No ano passado, ele radicalizou com setores do meio ambiente, mas ele é um quadro de muita qualidade. Eu gosto dele, tenho uma boa relação com ele. Apenas acho que ele conduzir a situação, para ele restabelecer o diálogo, não será algo simples. Mas não sou eu quem vai demitir ministro “, afirmou Maia nesta quinta.

G1 procurou os ministros sobre as manifestações de Maia e aguarda retorno.

G1

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Identidade estudantil pode ser baixada de graça até este domingo

Documento terá validade enquanto estudante estiver com matrícula ativa Os interessados na identidade estudantil digital têm até este domingo (16) para tentar garantir o documento que é gratuito. É que…

Cai para três número de casos suspeitos de coronavírus no Brasil

O número de casos suspeitos de infecção por coronavírus no Brasil caiu para três, informou o Ministério da Saúde. Segundo o balanço mais recente da pasta, divulgado às 12h de…