Por pbagora.com.br

O cantor Roberto Carlos recebeu uma homenagem pelos seus 50 anos de carreira e por ter alcançado a marca de 100 milhões de discos vendidos na sede da gravadora Sony Music, em Nova York, na quinta-feira (15).

O prêmio foi entregue pelo presidente da Sony Music Entertainment International, Richard Sanders, que destacou a importância de Roberto Carlos para a música mundial. “É uma grande honra. Em cinquenta anos este homem atravessou geração após geração e se reinventou com criatividade tanto como cantor, como compositor. Chegou a 100 milhões de cópias e ele apenas está começando. Para nós da Sony Music e para toda a indústria mundial é um fantásitico sucesso”.

Emocionado, Roberto Carlos agradeceu e lembrou de todos que contribuíram para ele atingir esta marca. “Pra mim é uma emoção, nem sei o que dizer o que sinto neste momento. É um trofeu para mim. O que eu posso é agradecer a todos aqueles que contribuíram para minha carreira. A todos os meus amigos, meus parentes, pessoas que eu amo e a Sony que esteve comigo durante todo este tempo”.

Após entregar o prêmio, Sanders comparou Roberto a outros astros internacionais.”Michael Jackson é o rei do pop, Elvis o rei do rock, e Roberto Carlos é o rei da música latina, da música mundial”.

Depois de receber o prêmio, Roberto que pretende compor uma música em que possa expressar o amor completo. Em entrevista, o rei afirma que não sabe que inspiração precisará ter para concretizar o sonho.

“Na verdade não sei que inspiração. Essa minha vontade é uma coisa de muitos anos. Mas as vezes olhando as composições que tenho feito com o Erasmo e sem ele também, vejo que de repente, se um dia eu quiser fazer esta música falando de amor na sua forma maior, e acho que vou fazer, não sei exatamente qual a inspiração”, afirmou o cantor. “Pode ser até que olhando a história de muita gente e olhando a minha própria história amorosa eu venha fazer esta canção. Um dia eu vou fazer. Você pode ter certeza. A qualquer momento”, garantiu.

Lady Laura

Relembrando os cinquenta anos de carreira Roberto disse que decidiu o seu futuro aos nove anos, ao voltar para casa depois de se apresentar na Rádio Cachoeiro de Itapemirim, no Espírito Santo. Roberto lembrou o diálogo que teve com a mãe, dona Laura.

“Mãe, você quer que eu seja médico , mas eu não quero ser médico mais não, porque agora eu quero ser cantor”. A mãe ainda questionou que tinha sido apenas uma apresentação na rádio e ele respondeu – “É mas é isso que eu quero. E nunca mais mudei a minha cabeça”, completou.

Sobre a saúde de dona Laura, que está internada no Rio com infecção pulmonar, o cantor explicou ela tem se recuperado. E que só viajou aos Estados Unidos depois de se certificar que seu estado estava melhor. “Para poder viajar mais tranquilo”, explicou.

Roberto Carlos, que completa 69 anos na próxima segunda (19), vai mandar celebrar uma missa para marcar o seu aniversário.

O rei tem apresentações marcadas na sexta (16) e no sábado (17), no tradicional teatro do Radio City de Nova York. A turnê terá shows no Canadá, México, Colômbia e outras cidades dos Estados Unidos.

G1

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Mega-Sena acumula e deve pagar R$ 17 milhões no próximo concurso

Ninguém acertou as seis dezenas da Mega-Sena sorteadas nesse sábado (16). As dezenas sorteadas foram 09, 18, 23, 42, 47 e 49. Na próxima quarta-feira (20), o valor acumulado a…

Anvisa aprova vacinas CoronaVac e Oxford; vacinação começa quarta, diz ministro

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou nesta domingo (17), por 5 votos a 0, o uso emergencial das vacinas de Oxford e CoronaVac contra a covid-19. Os pedidos…