Por pbagora.com.br
Os presidentes da República, Jair Bolsonaro e do Supremo Tribunal Federal, ministro Dias Toffoli, fazem declaração à imprensa no Planalto

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, foi internado para passar por uma cirurgia para drenagem de abscesso no sábado (23). Durante a internação, o ministro apresentou sinais que sugerem que está com coronavírus e, por isso, ficará em monitoramento.

O ministro passa bem e respira normalmente, sem ajuda de aparelhos, informa nota assinada pelo secretário de saúde do STF. Abscessos são coleções de material purulento (pus). Segundo o site da Sociedade Brasileira de Dermatologia, embora normalmente decorram de infecções bacterianas, abscessos podem, em alguns casos, serem manifestação de outras doenças cutâneas.

Na quarta-feira (20), Toffoli havia sido submetido a um teste que deu negativo para coronavírus. A princípio, o ministro ficará de licença médica por 7 dias, podendo ser ampliada dependendo do resultado dos exames. Nesse período, o ministro Luiz Fux assume a presidência do STF.

 

Redação com G1

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Senado aprova com folga indicação de Kassio Nunes ao STF

O desembargador Kassio Nunes teve o nome aprovado pelo plenário do Senado nesta quarta-feira para ocupar uma vaga no Supremo Tribunal Federal (STF), após cerca de 10 horas de sabatina,…

Eleitor que não for votar poderá justificar ausência por aplicativo

O eleitor que não puder votar nas eleições deste ano, ou não quiser comparecer à zona eleitoral devido à pandemia, poderá justificar sua ausência por meio do aplicativo e-Título, desenvolvido…