A Paraíba o tempo todo  |

Pré-selecionados no Prouni devem confirmar dados a partir de hoje para garantir bolsa

Programa seleciona estudantes para universidades privadas por meio de bolsas de estudo

Começa nesta quinta-feira, 3, e vai até o próximo dia 14 o prazo para os estudantes pré-selecionados na primeira chamada regular do Programa Universidade para Todos ( Prouni ) comprovarem as informações prestadas na inscrição. A lista completa com os nomes pré-selecionados foi divulgada ontem (02).

Interessada em uma bolsa de estudo integral no curso de Fisioterapia, a estudante Vanessa Lima, 25, espera ansiosa a divulgação do resultado. “Com as minhas notas, acredito que eu consiga alcançar o meu objetivo que é me formar na graduação dos meus sonhos com o benefício do programa”, afirma a jovem. Para a estudante, que é de baixa renda e não tem condições de pagar por um curso em uma universidade boa, o auxílio do Prouni, do Fies ou do Sisu é fundamental para isso, pois possibilita a esses estudantes uma perspectiva de futuro.

O Prouni oferece aos estudantes bolsas de estudo em instituições de ensino particulares com bolsas integrais ou parciais (50%). Para ter direito a uma bolsa integral, o participante deve comprovar renda familiar bruta de até 1,5 salário mínimo por pessoa. Para a bolsa parcial (50%), a renda familiar bruta mensal deve ser até três salários mínimos por pessoa.

Além de comprovar renda, é necessário também que o interessado tenha cursado o ensino médio completo em escola da rede pública ou da rede privada com bolsa integral ou parcial e tenha feito o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) alcançando, no mínimo, 450 pontos de média das notas e não pode ter tirado 0 na redação.

Novidades
Um decreto assinado pelo presidente Jair Bolsonaro, na semana passada, estabelece a pré-seleção dos estudantes inscritos no Prouni considerando as duas últimas edições do Enem para ingresso em cursos de graduação ou sequencial de formação específica. Antes, apenas a nota da edição mais recente era aceita.

Já para a edição do segundo semestre do programa, o Prouni 2022.2, tramita na Câmara a ampliação do acesso de o acesso de estudantes de escolas privadas não bolsistas ao programa. A possibilidade está prevista na Medida Provisória (MP) 1.075/2021, editada pelo presidente Jair Bolsonaro em dezembro.

No entanto, para sair do papel, a regra precisa ser convertida em lei pelo Congresso até o dia 17 de março, quando perderá o efeito. O texto tramita na Câmara em regime de urgência e, se aprovado, segue para o Senado.

Cronograma do Prouni 2022.1
Comprovação de informações: 3 a 14 de março
Segunda chamada: 21 de março
Comprovação de informações: 21 a 29 de março
Lista de espera: 4 e 5 de abril
Resultado: 7 de abril
Comprovação de informações: 8 a 13 de abril

 

Fonte: Agência Educa Mais Brasil

PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe