Por pbagora.com.br

Durante manifestação de policiais militares e bombeiros, no Distrito Federal, o nome da jornalista paraibana Rachel Sheherazade foi exaltado pelos manifestantes.

A homenagem foi feita como forma de apoio a jornalista, que vem sofrendo represálias após ter se mostrado favorável a atitude de um grupo de “justiceiros” que prendeu a um poste um adolescente, que, segundo informações da polícia, vinha praticando furtos no bairro do Flamengo.

No momento do vídeo em que os manifestantes gritam o nome da jornalista, um homem ao microfone, conhecido como major RR Cruz, afirma que Rachel foi a única jornalista a defender a polícia, que, segundo ele, vem sendo massacrada pela imprensa. “Nós queremos fazer uma homenagem. A imprensa bateu, bateu, bateu, mas tem uma moça que nós temos que fazer uma homenagem: Rachel Sheherazade. Essa reconheceu. Essa teve a coragem de um policial militar”, afirmou. Durante esse discurso é possível ouvir os manifestantes gritarem o nome de Sheherazade.

O vídeo termina com o major afirmando que a jornalista não pode ser punida por isso.

Em seu perfil numa rede social, Rachel compartilhou o vídeo e agradeceu pela homenagem.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Veja o vídeo da homenagem:

 

 

 

PB Agora

Notícias relacionadas

Rachel Sheherazade processa Silvio Santos e exige R$ 30 milhões de indenização

Demitida através de um email no ano passado, a apresentadora e âncora Rachel Sheherazade quer R$ 30 milhões de indenização do SBT. A jornalista entrou com uma ação trabalhista na…

Caixa avalia antecipar saques do auxílio emergencial

Depois de antecipar em duas semanas, o saque da primeira parcela da nova rodada do auxílio emergencial, a Caixa Econômica Federal poderá fazer o mesmo com as demais parcelas, disse…