Por pbagora.com.br

A Polícia Federal e a Secretaria de Operações Integradas do Ministério da Justiça e Segurança Pública assinaram um Acordo de Cooperação Técnica para trabalharem juntas na prevenção e repressão de crimes eleitorais.

Na prática, a PF vai atuar com todas as secretarias de segurança pública do País e outros órgãos federais, estaduais e municipais envolvidos na organização e segurança das eleições.

O grupo vai monitorar, em tempo real, possíveis ocorrências durante a realização dos dois turnos.

Além dos dias de votação, a PF já tem trabalhado com diversas investigações de combate a crimes eleitorais, como é o caso da Operação Fake SMS, para investigar a contratação de serviços de disparo automático de mensagens via aplicativo de mensagens, para fins eleitorais no Piauí.

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Luto: Rodela, humorista do SBT morre após contrair Covid-19

O humorista Luiz Carlos Ribeiro, de 64 anos, conhecido pelo personagem Rodela, morreu nesta quarta-feira, 02. A informação foi confirmada pelo diretor do Programa do Ratinho, Murilo Bordoni, que compartilhou…