Por pbagora.com.br

A pesquisa feita pela Federação Nacional de Previdência Privada e Vida (Fenaprevi) em parceria com o Instituto Ipsos revelou que para 76% dos brasileiros o INSS é a principal fonte de renda na fase de aposentadoria e que 43% dos entrevistados pretendem continuar trabalhando depois de aposentados para garantir o sustento. Gastos com remédios e plano de saúde são as principais preocupações para o futuro.

Dentre os entrevistados, 48% disseram que serão totalmente dependentes da aposentadoria oficial e 28% informaram que serão muito dependentes do sistema público. Apenas 18% dos ouvidos consideram que dependeriam pouco do INSS e somente 3% informaram que não dependeriam da aposentadoria do governo. Outros 3% não responderam ou não souberam informar. A Pesquisa mostra que 49% acham que a reforma deve ser encaminhada pelo próximo presidente eleito da República.

 

Foto:Fábio Rodrigues Pozzebom/ABr

 

Garanta um desconto especial na sua certificação digital no Juristas Certificados Digitais

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Avó de Michelle Bolsonaro morre vítima de Covid-19 em hospital público no DF

A avó da primeira-dama Michelle Bolsonaro, morreu nesta quarta-feira (12) no Hospital Regional de Ceilândia (HRC), no Distrito Federal. De acordo com as informações, Maria Aparecida Firmo Ferreira, de 80 anos,…