Brasília(DF), 24/06/2019 Presidente Jair Bolsonaro. Local: Palacio do Planalto. Foto: Igo Estrela/Metrópoles

Em café da manhã com jornalistas estrangeiros, na manhã desta sexta-feira (19/072019), o presidente Jair Bolsonaro (PSL) afirmou que não há fome no Brasil. “Não se vê gente, mesmo pobre, pelas ruas, com físico esquelético”, disse.

Bolsonaro criticou políticos que usam essa situação em discursos e os chamou de populistas. “O Brasil é um país rico para praticamente qualquer plantio. Fora que passar fome no Brasil é uma grande mentira. Passa-se mal, não come bem, aí eu concordo”, defendeu. De acordo com o chefe do Executivo, a situação brasileira não é igual a outros “países pelo mundo”.

ECONOMIA

“CPMF de volta, não”, defende Bolsonaro ao comentar reforma tributária
Segundo Bolsonaro, desde o governo Fernando Henrique Cardoso, e depois com o Partido dos Trabalhadores, foi adotada a ideia de que a distribuição de riquezas é “criar bolsas”. “É o país das bolsas. O que faz tirar o homem, ou a mulher, da miséria é o conhecimento”, apontou.

O chefe do Executivo defendeu ainda que “os políticos que criticam a fome no Brasil têm que se preocupar e estudar um pouco mais as consequências [de dar bolsas]”.

 

Metrópoles

Total
10
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Caixa e BB iniciam quinta fase de pagamento de abono do PIS/Pasep

O abono salarial dos programas de Integração Social (PIS) e de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep) do calendário 2019/2020 começa a ser pago hoje (14) para os beneficiários…

Portaria eleva limite de compras para quem cruza fronteira por terra

O limite de compras isentas de impostos para quem cruza a fronteira do Brasil por via terrestre ou por rio subirá de US$ 300 para US$ 500 por pessoa, a…