O Ibovespa registra mais uma sessão de forte queda nesta segunda-feira (9), com Petrobrás , Vale e bancos desabando à medida que as cotações do petróleo despencaram até 30%, após a Arábia Saudita reduzir os preços da commodity e com projeções de queda de até US$ 20 o barril.

As ações da Petrobras desabam 23%, enquanto a Vale cai 8% e e bancos também têm baixa de cerca de 8%. Nenhuma ação do Ibovespa avança.

Os ADRs da Petrobras, no pré-market da NYSE, chegaram a cair até 20%, os da Vale tiveram baixa de 22% e do Itaú registram queda de cerca de 10% em um dia de baixa generalizada no mercado acionário.

A decisão dos sauditas, que foi interpretada como uma guerra de preços, veio após a Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) e os aliados da Opep+ não conseguirem fechar um acordo, na última sexta-feira (06), para cortar ainda mais a produção do grupo, como parte de uma estratégia para lidar com o impacto econômico do coronavírus. A Rússia, líder informal da Opep+, não aceitou uma proposta da Opep de reduzir a oferta coletiva em mais 1,5 milhão de barris por dia.

As revisões de recomendações já começaram, com destaque para o Bradesco BBI cortando a recomendação para as ações da Petrobras para neutra.

Infomoney

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Governo zera impostos de produtos usados no combate ao coronavírus

A Câmara de Comércio Exterior (Camex) ampliou a lista de produtos necessários ao combate do novo coronavírus com redução temporária para zero da alíquota do Imposto de Importação. A resolução…

Congresso aprecia projetos de Veneziano que beneficiam autistas e seus familiares

Nesta quinta-feira, 02 de Abril, comemora-se o Dia Mundial de Conscientização do Autismo. Este ano, sem manifestações nem programação festiva, a não ser algumas referências feitas pela internet, por conta…