O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Marco Aurélio Mello se mostrou indignado com as declarações do presidente Jair Bolsonaro (PSL) a respeito da morte do pai do presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Felipe Santa Cruz, e sugeriu que o chefe do Executivo federal use uma “mordaça” para evitar tais comentários. “No mais, apenas criando um aparelho de mordaça”, disse, ao blog do Tales Faria.

“Tempos estranhos. Aonde vamos parar?”, questionou o ministro do STF.

Em seu blog, Tales Faria disse que ouviu outro ministro do Supremo, que preferiu manter o anonimato, e que afirmou que presidente está dando um “mau exemplo” aos brasileiros com as falas julgadas como “repugnantes”. “O pior de tudo é o mau exemplo, a associação do sucesso político ou qualquer outro à incivilidade e à grosseria. Por outro lado, acho que pode ser um marco de como as pessoas não devem ser. A repugnância tem sido geral”, alegou.

 

do Metrólpoles

Total
1
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário