Por pbagora.com.br

Metade dos jornalistas acredita no fim dos meios de comunicação convencionais

Pesquisa feita com mais de 750 jornalistas de 21 países revelou que cerca de 50% deles acreditam no fim do veículo em que atua em algum ponto do futuro, seja publicação impressa, canal de rádio ou TV. Em outras palavras, acreditam que os veículos offline serão extintos.

O levantamento do instituto Oriella PR Network revelou também que 25% dos entrevistados acredita que a mídia – seja ela digital ou não – irá diminuir drasticamente.

Em relação às novas mídias, a opinião dos participantes do estudo se divide. No geral, creem que elas devem oferecer novas oportunidades, o que não significa necessariamente que o Jornalismo será beneficiado.

Segundo informa o site Blue Bus citando o Social Times, a pesquisa mostra que os jornalistas apostam nos novos meios digitais. Apenas 15% dos entrevistados não estão presentes em redes sociais; melhora substancial se comparado ao ano passado, quando 25% deles não faziam.

 

Portal IMPRENSA

 

Leia Mais: Britânicos preferem comprar versão impressa a pagar por conteúdo online, diz pesquisa

Notícias relacionadas

Encceja 2020: data da aplicação das provas é modificada pelo Inep

A alteração foi publicada no Diário Oficial da União da última sexta-feira, 9 O cronograma de aplicação do Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja) 2020…