Foto: Reprodução/Instagram

A jornalista paraibana Rachel Sheherazade emitiu pela terceira vez sua opinião dentro do jornal SBT Brasil mesmo após Silvio Santos, dono da emissora ter proibido a jornalista de o fazê-lo.

Nessa quarta-feira (27), Rachel criticou o assassinato de George Floyd por um policial nos Estados Unidos.

Na semana passada a jornalista paraibana já havia comentado sobre a morte do menino João Pedro, de 14 anos, durante uma operação policial no Rio de Janeiro e anteriormente, mesmo após a determinação de Silvio Santos, Sheherazade também aplaudiu o fato da ministra Cármen Lúcia ter ressaltado a “igualdade” entre homens e mulheres ao presidente da Casa, Dias Toffoli.

A jornalista paraibana é conhecida por sua postura combativa e comentários afiados.

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Brasil passa de 62 mil mortes por novo coronavírus

O Brasil tem 62.045 mortes por coronavírus confirmadas até as 8h desta sexta-feira (3), aponta um levantamento feito pelo consórcio de veículos de imprensa a partir de dados das secretarias…

Lava Jato denuncia José Serra por lavagem de dinheiro e PF cumpre mandado

A força-tarefa da Operação Lava Jato em São Paulo denunciou o senador e ex-governador de São Paulo José Serra (PSDB) por lavagem de dinheiro. A Polícia Federal começou a fazer,…