O ex-presidente do Supremo Tribunal Federal Joaquim Barbosa está sendo alvo de assédio de vários partidos para entrar na política, e o motivo é o pleito de 2018. Segundo informações do Jornal Folha de São Paulo, ele ainda não foi convencido a sair candidato à Presidência da República.

 

“A verdade é que eu resisto”, disse Joaquim, para emendar: “Estou mais para não ser.”

 

O curioso é que Barbosa já foi procurado por lideranças de partidos como Rede, PSB e até o PT.

 

Redação com UOL

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Dono de Havan e outros aliados de Bolsonaro são alvo de operação da PF

A Polícia Federal cumpre na manhã desta quarta-feira (27) mandados de busca e apreensão no inquérito do Supremo Tribunal Federal (STF) que apura produção de notícias falsas e ameaças à…

Contas externas têm saldo positivo de US$ 3,840 bilhões em abril

As contas externas registraram saldo positivo pelo segundo mês consecutivo, informou hoje (26) o Banco Central (BC). Em abril, o superávit em transações correntes, que são as compras e vendas…