Após realizar 242.167 perícias de revisão até o dia 22 de novembro em todo o Brasil, o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) cancelou 213.873 benefícios, informa o jornal O Globo.

A ausência de convocados levou ao cancelamento de outros 20.304 benefícios. Além disso, 39.406 benefícios foram convertidos em aposentadoria por invalidez, 2.066 em auxílio-acidente, 1.272 em aposentadoria por invalidez com acréscimo de 25% no valor do benefício e 5.854 pessoas foram encaminhadas para reabilitação profissional.

Ao todo, ainda conforme o jornal, 530.191 benefícios de auxílio-doença serão revisados. A economia anual estimada até agora é de R$ 3 bilhões.

O Globo 

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Caminhoneiros planejam nova paralisação para esta quarta

Os caminhoneiros devem manter o protesto previsto para esta quarta-feira (19), mesmo com o adiamento do julgamento no Supremo Tribunal Federal (STF) sobre a constitucionalidade da tabela do frete. A…

Colisão entre dois trens deixa 47 feridos no Metrô de Recife

Um acidente envolvendo dois trens do Metrô de Recife, na manhã desta terça-feira (18), deixou 47 pessoas feridas. De acordo com a CBTU (Companhia Brasileira de Trens Urbanos), responsável pelo…