Por pbagora.com.br

Os apresentadores José Luiz Datena e Gilberto Barros se envolveram em uma briga, com direito a empurrões, chutes e palavrões, no meio de uma churrascaria, hoje, sexta-feira, na hora do almoço. Não, a confusão não foi causada pelo fato de picanha maturada ter chegado primeiro à mesa de um deles.

O entrevero na churrascaria Novilho de Prata, em Alphaville, teria começado quando Barros se dirigiu até a mesa onde Datena almoçava com a família. Segundo Barros, ele teria ido cumprimentar o colega, que de repente se levantou e começou a xingá-lo em voz alta. “Ele começou a me xingar e a me empurrar.

Ele gritava coisas horríveis, palavrões, e eu fiquei atordoado”, conta Barros. Ainda na versão dele, a confusão foi adiante, com direito a agressão. “Datena me empurrou e eu cai no chão.

Não contente, o filho dele me deu chute, enquanto o Datena ameaçava jogar uma cadeira em cima de mim. Foi quando um senhor de uma mesa ao lado veio me ajudar”, conta o apresentador. “Tenho testemunhas de que não fiz nada, o restaurante estava cheio. Levantei, pedi desculpas aos presentes, e saí atordoado.”

Gilberto Barros acredita que a raiva de Datena foi provocada pelo fato de ele, Barros, ter dado nota baixa ao apresentador em um programa da Record esta semana, o Hoje em Dia. “Estava em um desses quadros de dar notas a pessoas famosas, e dei nota 5 ao Datena, mas só para brincar. Enchi ele de elogios no programa, disse que ele só se fazia de mau, que ele tinha um grande coração. Veja só o que aconteceu!?”

Barros ainda não sabe se vai fazer boletim de ocorrência sobre o episódio nem se vai tomar medidas judiciais.

Procurado pelo Estado, Datena pediu a seu advogado, Eduardo Leite, que falasse por ele. “Meu cliente disse que não houve agressão alguma. Apenas um bate-boca mais avançado, mas ninguém empurrou ninguém. O Gilberto Barros é que teria escorregado e caído”, defende o advogado.

Estadão
 

Deixe seu Comentário