Após reunião, na manhã desta quinta-feira, 21, com governadores e presidentes do Congresso Federal, o presidente Jair Bolsonaro garantiu que sancionará, após alguns ajustes técnicos, o auxílio de R$ 60 bilhões para os gestores estaduais e municipais em meio à crise ocasionada pela pandemia do novo coronavírus.

A medida irá auxiliar na manutenção por parte dos gestores estaduais e municipais do equilíbrio financeiro de cidades e estados.

“Temos que trabalhar em conjunto sobre a sanção de um projeto que é uma continuidade de outras leis há pouco aprovadas de um auxílio, um socorro aos senhores governadores de aproximadamente R$ 60 bilhões, também extensivo a prefeitos”, afirmou.

Durante a reunião o pedido dos gestores estaduais foi que a ajuda pudesse ser liberada já no mês de maio e Bolsonaro declarou que irá sancioná-la o mais rápido possível.

“Será sancionado o mais rápido possível, acertando pequenos ajustes técnicos que estão na iminência de serem solucionados para que possamos fazer de tudo que foi tratado aqui uma grande vitória” disse o presidente.

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Paraibano, secretário-geral do MPU, diz não ver indício de interferência de Bolsonaro na PF: “Risco na água”

Ainda repercute a gravação da reunião ministerial, ocorrida no dia 22 de abril, entre o presidente Jair Bolsonaro e seus auxiliares, que causaram polêmica por conta das declarações contidas nas…

Forças Armadas treinam profissionais para desinfectar áreas públicas

As Forças Armadas estão capacitando seus contingentes em diversos estados do país para desinfectar áreas públicas. Os militares foram treinados para higienizar áreas como corredores, banheiros, recepções, salas de espera,…