Por pbagora.com.br

A decisão é histórica. Onze homens, acusados de pagar por sexo com meninas de 12 a 17 anos, na Paraíba, foram condenados pela Justiça Trabalhista. Eles deverão pagar ao Estado multa de R$ 500 mil. Um dos condenados é ex-presidente da Câmara Municipal de Sapé e um ex-secretário municipal. A informação é do jornal Folha de S.Paulo.

O grupo é composto por políticos, empresários profissionais liberais do município paraibano de Sapé. Segundo a acusação, eles pagavam de R$ 20 a R$ 100 por programas com as crianças e adolescentes.

Os réus se defenderam dizendo que não sabiam da idade das meninas, já que as garotas se passavam por maiores de idade. A ação penal ainda não foi julgada em primeiro grau.

 

Consultor Jurídico