Por pbagora.com.br

A base de assinantes de serviços de telecomunicações móveis no Brasil cresceu 0,78% em junho sobre maio, para 185,1 milhões de usuários, de acordo com dados divulgados nesta quinta-feira (15) pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).

Apenas em junho, a Anatel registrou 1,4 milhão de habilitações. Agora, 95,92 de cada 100 habitantes possuem celular no país.

No acumulado do primeiro semestre, o total de adições de usuários foi de 11,2 milhões, segundo maior número para o período da série histórica da Anatel, que tem início em 2000, atrás apenas de 2008, com 12,2 milhões de novos acessos de janeiro a junho daquele ano.

Do total de acessos móveis, 82,3% são pré-pagos e os demais 17,7% de pós-pagos.

A Vivo, controlada por Telefónica e Portugal Telecom, ficou com participação de mercado de 30,24% em junho, com um total de quase 56 milhões de clientes.

Em seguida está a Claro, da mexicana América Móvil, com market share de 25,3%, equivalente a 46,9 milhões de usuários.

A TIM Participações, da Telecom Italia, tinha no fim do junho participação de mercado de 24%, ou 44,4 milhões de assinantes.

A Oi aparecia com 20,1% dos assinantes de telefonia móvel no Brasil, com 37,2 milhões de clientes, segundo a Anatel.

 

G1

Notícias relacionadas

Bolsonaro diz que eleitor que vota em Lula “merece sofrer”

Nesta segunda-feira (19), o presidente Jair Bolsonaro declarou, durante contato com seus apoiadores no Palácio da Alvorada que aquelas pessoas que votam no ex-presidente Lula merecem sofrer. A justificativa dada…

Covid: variante de Manaus-AM faz explodir intubação de jovens no país

O avanço da variante P.1, descoberta em Manaus em janeiro, levou a cidade de São Paulo a mudar sua orientação para todos aqueles que forem infectados por coronavírus. Agora, eles…