Por pbagora.com.br
Dia D de mobilização da Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite e Sarampo.

Os ingredientes farmacêuticos ativos (IFAs) importados em meados de janeiro pela Fundação Oswaldo Cruz chegaram e, agora, será possível começar a produção da vacina AstraZeneca/Oxford no Brasil a partir do dia 20 deste mês. O imunizante previne contra a Covid-19 e já começou a ser aplicado no Reino Unido. Por meio de um acordo de transferência de tecnologia, o Complexo Industrial de Bio-Manguinhos da Fiocruz, foi preparado para processar o IFA e deve entregar o primeiro milhão de doses ao Ministério da Saúde até o dia 12 de fevereiro.

A previsão do laboratório é de que a produção ganhe maior escala nas semanas seguintes. A partir de 22 de fevereiro, Bio-Manguinhos deve entregar 700 mil doses diárias ao Programa Nacional de Imunizações (PNI). No acordo entre o governo federal, a farmacêutica AstraZeneca e a Universidade de Oxford, estão previstas mais de 100 milhões de doses a serem produzidas no primeiro semestre deste ano com ingrediente farmacêutico ativo importado.

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Publicado edital do concurso da Polícia Federal com 1.500 vagas

Nesta sexta-feira (15), foi publicado o edital do concurso para os cargos de Delegado, Agente, Escrivão e Papiloscopista da Polícia Federal. Serão 1.500 vagas e as remunerações são de R$…

Termina hoje inscrição para primeira seleção de 2021 do ProUni

Terminam hoje (15), às 23h59, as inscrições para a primeira seleção de 2021 do Programa Universidade para Todos (ProUni), que seleciona candidatos a bolsas de ensino integral e parcial em…