Por pbagora.com.br

Os aviões de passageiros poderão transportar pessoas doentes em consequência de infecção pelo novo coronavírus (covid-19). Para isso, as empresas aéreas deverão providenciar as mudanças nas aeronaves, como ter sua configuração interna alterada para transporte do paciente.

A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), permitiu as mudanças em caráter excepcional e temporário, considerando a situação de emergência advinda da pandemia. As alterações preveem a instalação de dispositivos de isolamento.

A decisão da Anac, publicada no Diário Oficial da União desta quinta-feira (23), diz ainda que a combinação, dispositivo de isolamento/maca, deve prover contenção adequada do paciente em condições normais de voo.

A agência recomenda ainda que o equipamento deve ter adequada fixação à base do sistema aeromédico instalado na aeronave e o uso de oxigênio medicinal deve ser limitado à quantidade para atender às necessidades do paciente.

Agência Brasil

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Total de candidaturas bate recorde neste ano, com mais de 542 mil inscritos

O número de candidatos inscritos nas eleições municipais deste ano bateu recorde, com 542.352 pedidos de registros, segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE). No entanto, esse quantitativo deve sofrer alguma…