Paraibana de Conceição do Piancó, a cantora Elba Ramalho  rejeitou a sua participação no programa programa Pátria Voluntária, lançado por Jair Bolsonaro (PSL) e que tem a esposa dele, Michelle, como presidente do conselho. A cantora, que no último dia 23 de junho, realizou mais um show no Parque do Povo, dentro da programação do Maior São João do Mundo, não quer “misturar palco com palanque”.

O novo Programa Nacional de Incentivo ao Voluntariado foi lançado na última terça-feira (9), no Hospital da Criança de Brasília José Alencar. O projeto é vinculado ao Ministério da Cidadania e tem a primeira-dama como presidente do Conselho.

Elba Ramalho era uma das representantes cotadas por Michelle Bolsonaro que são comprometidas com o trabalho voluntário de diversas regiões do País. A cantora afirmou que não poderia aceitar o convite para participar do conselho. A nordestina alegou excesso de trabalho e inúmeras viagens.

Aos 68 anos, Elba Ramalho tem se firmando cada vez mais como estrela do primeiro time da Música Popular Brasileira. A artista que já experimentou ritmos variados e que tem projeção no exterior é avessa a partidos políticos e disse, numa entrevista, que é totalmente descrente com os homens do poder. “Eu acho que o artista não tem que ter partido político, ele tem que ter consciência social. Palco é para o artista, palanque é para o político”, acrescentou.

Em recente entrevista, Elba Ramalho, quando indagada sobre engajamento político, respondeu que apesar de defender mudanças em benefício do povo, não queria se filiar a partido algum e confessou-se descrente com os homens do poder. “O artista não tem que ter partido político, ele tem que ter consciência social. O palco é para o artista, o palanque é para o político”, reafirmou.

SL
PB Agora

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Carlos Bolsonaro amanhece sem contas nas redes sociais

Carlos Bolsonaro, vereador do Rio de Janeiro pelo PSL, amanheceu com seus perfis pessoais nas redes sociais desativados. Filho mais atuante do presidente Jair Bolsonaro nas redes, seus perfis pessoais…

STF mantém decisão que proíbe gestantes em atividade insalubre

Por unanimidade e em ambiente virtual, o Supremo Tribunal Federal (STF) rejeitou recurso da Advocacia-Geral da União (AGU) e manteve a decisão, tomada em maio pelo plenário, que proíbe o…