Por pbagora.com.br

O concurso para o Ministério da Saúde já está autorizado. Serão 1.276 vagas em 19 cargos diferentes e a expectativa é que o edital de abertura seja divulgado em outubro. A autorização foi assinada pelo ministro do Planejamento, Orçamento e Gestão, Paulo Bernardo e divulgada, na última sexta-feira, no Diário Oficial da União.
 

As oportunidades são para os cargos de analista técnico-adminstrativo, administrador, arquiteto, arquivista, assistente social, bibliotecário, contador, economista, engenheiro, estatístico, farmacêutico, fonoaudiólogo, médico, nutricionista, psicólogo, químico, técnico em assuntos educacionais, técnico em comunicação social e técnico em contabilidade.

A empresa organizadora ainda não foi escolhida e os salários só serão divulgados no edital de abertura. Com o concurso, cerca de 1,3 mil postos de trabalho terceirizados devem ser extintos. Entre as chances, o cargo que mais oferece vagas é o de médico, ao todo são 554 oportunidades. Logo atrás, está o cargo de administrador, com 184.

As vagas estão distribuídas da seguinte forma: 631 são destinadas para a Sede, em Brasília, e núcleos estaduais 645 para Hospitais e Institutos do Rio de Janeiro.

 

Correio Braziliense

Notícias relacionadas

“Tem alguns idiotas que até hoje ficam em casa”, diz Bolsonaro sobre pandemia

O presidente Jair Bolsonaro, em conversa com apoiadores na manhã desta segunda-feira (17), chamou de “idiotas” as pessoas que ficam em casa ao obedecer medidas restritivas para evitar a covid-19.…