Por pbagora.com.br

O apresentador Sikêra Jr. está com os dois pulmões comprometidos por causa do novo coronavírus (covid-19).

A informação foi divulgada pelo jornalista Ronaldo Tiradentes nesta quarta-feira, dia 29, em seu programa de rádio.

De acordo Tiradentes, Sikêra recebeu o diagnóstico dos exames ontem.

O apresentador está afastado de seu programa na TV A Crítica/RedeTV desde o último dia 22, quando passou mal ao vivo e teve que ser substituído às pressas.

Ele estava previsto para voltar ao ar nesta segunda-feira, dia 27, o que não aconteceu.

Desde o afastamento do apresentador seu programa na Rede TV! registrou queda de audiência de mais de 50%.

Caiu de 3,6 pontos para 1,7.

Em São Paulo, onde já chegou a ter 6 pontos na audiência, neste dia 27 baixou a apenas 0,8 ponto.

Sikêra Jr. está afastado desde o dia 23 e não tem sido visto nem nas redes sociais. Ele é internauta ativo, com postagens diárias nos seus perfis, mas desde esse dia nada mais publicou.

Inicialmente, e de forma oficial, ele foi afastado pela direção da TV A Crítica para aguardar contraprova de exame da covid-19. Seu retorno à apresentação do “Alerta Nacional” seria nesta segunda, dia 27. Mas, não aconteceu.

Além de não voltar à TV, nenhuma satisfação foi dada aos telespectadores. A última menção ao apresentador na TV A Crítica foi feita no dia 23, pelo próprio Sikêra, quando apareceu para dizer que ficaria em casa.

Seguidor da linha de pensamento do presidente da República quanto a isolamento social, até o seu afastamento Sikêra mantinha toda sua equipe atuando no palco. Portanto, gerava aglomeração e contato entre, pelo menos, seis pessoas em alguns momentos do programa.

Conforme o site TV Foco, Sikêra Jr. vai ficar afastado do programa por tempo indeterminado.

PB Agora com BCN Amazonas

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Total de candidaturas bate recorde neste ano, com mais de 542 mil inscritos

O número de candidatos inscritos nas eleições municipais deste ano bateu recorde, com 542.352 pedidos de registros, segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE). No entanto, esse quantitativo deve sofrer alguma…