A Paraíba o tempo todo  |

Após 33 anos, homem prova estar vivo

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

 Após três anos de espera, o lavrador Domingos Amorim, de 69 anos, morador de Gurupi, sul do Tocantins, conseguiu provar que está vivo e vai dar entrada no processo de aposentadoria. Isso porque a Justiça determinou que o cartório de Bom Jardim (MA) anule a certidão de óbito do idoso. Assim que os documentos retornarem, ele poderá dar entrada no pedido de benefício.

 

Em 2013, o G1 acompanhou a história de Domingos Amorim. Ao solicitar a aposentadoria quando completou 65 anos, em junho de 2012, ele descobriu que era considerado como morto desde agosto de 1983.

A descoberta foi feita quando ele teve que solicitar a segunda via de sua certidão de casamento, em Bom Jardim (MA). Segundo a Defensoria Pública do Tocantins, na certidão de óbito consta que a morte foi declarada pela ex-mulher do lavrador, Francisca da Silva Amorim, que morreu há cerca de seis anos.

O lavrador contou que após o fim do relacionamento se mudou para o interior do Pará, onde foi trabalhar em um garimpo e que a separação não foi registrada. Segundo a Defensoria, a mulher provavelmente recebeu o benefício por vários anos.

Quando descobriu que estava ‘morto’, Amorim achou o fato engraçado. “Quando eu soube que a certidão me dava como morto eu não entendi nada. Eu vivo aqui e o documento falando que eu morri?”, disse.

Para o defensor público José Alves Maciel, conseguir uma decisão favorável no caso é gratificante. “Sem sombra de dúvidas é muito gratificante devolver a dignidade para as pessoas. No caso particular, ao Senhor Domingos Amorim, que foi vítima de uma fraude sem tamanho, vez que foi declarado morto pela esposa que, passou logo após, a receber pensão”, disse.

 

(Foto: Cíntia Ribeiro/TV Anhanguera)
G1

 

 

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe