João Pessoa, 23 de Novembro de 2017

11 de Setembro de 2017

Guardas acusam Cartaxo e de pagar pior salário do país fazem protesto

Guardas acusam Cartaxo e de pagar pior salário do país fazem protesto

  A Lagoa será tomada, amanhã (12), em mobilização, por 600 guardas civis de João Pessoa, em busca de aumento salarial

O Parque Sólon de Lucena (Lagoa) será tomado por 600 guardas civis municipais de João Pessoa, a partir das 14h00, em mobilização que será coordenada pelo sindicato representativo da categoria, com apoio da Nova Central Sindical. A categoria reivindica aumento salarial, segundo o presidente do SGCM-JP, José Luiz, que acusa o prefeito Luciano Cartaxo (PSD), de pagar o pior salário do Brasil, aos ‘guardas’, no valor de, apenas, R$ 829,00.

Segundo ele, o prefeito não atendeu a pedidos de audiências da entidade, nos nove primeiros meses deste ano, para tratar da questão, que ainda reclama melhorias nas condições de trabalho da categoria.

“Houve dois encontros, entre os dirigentes do sindicato, com a equipe econômica e financeira da Prefeituras, mas nada avançou, nas ocasiões”, reclama Zé Luiz – como é mais conhecido -, acusando o prefeito de total indiferença aos problemas salariais enfrentados, pela classe, ao longo de anos.





Redação



Enviar Comentário

O portal PB Agora esclarece aos internautas que o espaço democrático reservado aos comentários é uma extensão das redes sociais e, portanto, não sendo de responsabilidade deste veículo de comunicação. É válido salientar que qualquer exagero, paixão política e infrações à legislação são de responsabilidade de cada usuário, que possui sua própria conta na rede social para se manifestar, não tendo o PB Agora gerenciamento para aprovar, editar ou excluir qualquer comentário. Use o espaço com responsabilidade.