João Pessoa, 20 de Novembro de 2017

13 de Novembro de 2017

Aumenta número de mortos após tremor

Aumenta número de mortos após tremor

O  número de mortos após o tremor na fronteira entre Iraque e o Irã subiu para 334 nesta segunda-feira (13). O número de feridos passa de 1,7 mil. O epicentro do tremor de 7,3 de magnitude foi registrado a 22,4 km de Derbendîxan, no Iraque, na tarde de domingo (12). Os trabalhos de resgate e de retirada de escombros continuam nesta manhã.


Na província iraniana de Kermanshah, o número de mortos subiu para 328 e o de feridos passou para 3.950, segundo Reuters e Associated Press, citando a agência iraniana Irna. Segundo o vice-presidente da Organização de Gestião de Crises do Irã, Behnam Saidi, ao menos 1.686 pessoas ficaram feridas, e é provável um aumento no número oficial de vítimas.


Já no Iraque, o tremor deixou seis mortos na província de Suleimaniya, que fica na região do Curdistão iraquiano. O terremoto, que ocorreu às 21h18 (horário local, 16h18 em Brasília), atingiu todas as províncias do Iraque e foi sentido na capital Bagdá por 20 segundos.

No Irã, o tremor foi sentido em várias províncias, sendo que a mais atingida foi Kermanshah. Na cidade de Sarpol-e Zahab, a cerca de 15 km da fronteira com o Iraque, o principal hospital ficou gravemente danificado. As populações de Ghasr Shirin (na fronteira), Sarpul e Azgale foram estão entre as mais afetadas.

G1



Enviar Comentário

O portal PB Agora esclarece aos internautas que o espaço democrático reservado aos comentários é uma extensão das redes sociais e, portanto, não sendo de responsabilidade deste veículo de comunicação. É válido salientar que qualquer exagero, paixão política e infrações à legislação são de responsabilidade de cada usuário, que possui sua própria conta na rede social para se manifestar, não tendo o PB Agora gerenciamento para aprovar, editar ou excluir qualquer comentário. Use o espaço com responsabilidade.