João Pessoa, 22 de Novembro de 2017

07 de Novembro de 2017

Sambista morre aos 37 anos, no RJ

Sambista morre aos 37 anos, no RJ

O cavaquinista do grupo de samba Galocantô, Pablo Amaral, também conhecido como Gamarra, morreu na última segunda-feira durante uma partida de futebol em Jacarepaguá, na Zona Oeste do Rio. O músico de 37 anos teve um enfarto fulminante enquanto jogava com os amigos. Após passar mal em campo, ele chegou a ser levado ao Hospital do Andaraí, na Zona Norte, mas não resistiu.


- A uma hora da manhã soubemos que ele tinha tido uma parada cardíaca. Ele joga futebol com estes amigos de infância há anos e era um cara saudável. A notícia pegou todo mundo de surpresa - contou o produtor do grupo, Hugo Bettcher.

Nas redes sociais, dezenas de sambistas do Rio lamentaram a perda do músico, que também era um dos vocalistas da banda. Entre os comentários, amigos se solidarizaram com familiares e comentaram sobre o enfarto:


"O samba carioca está de luto, o Galocantô está de luto, o Trapiche, casa onde o Galo fez morada por anos e anos, está de luto. Perdemos um bamba jovem, querido por todos, o tricolor mais sorridente e querido do samba do Rio. Perdemos Gamarra de forma tão fulminante. É inacreditável! Meus sentimentos à família, mãe, tia, mulher, filha. Meus sentimentos aos Galos. Meus sentimentos a toda a rapaziada amiga de Pablo Amaral. Estamos todos arrasados. Muita dureza. Muita. Não era pra ser assim... Que ele e nós fiquemos em paz, muita paz e consigamos viver e honrar da melhor forma a dádiva das nossas breves vidas!", "Inacreditável a partida do nosso querido Pablo Gamarra. Vai com Deus, meu irmão", "A vida é um sopro", escreveram colegas do instrumentista.


O corpo de Pablo Gamarra será levado ao Instituto Médico Legal (IML) nesta terça-feira e, na próxima quarta-feira, deverá ser velado num cemitério da Zona sul do Rio. Ele deixa uma filha de 4 anos.

Shows cancelados


O grupo Galocantô tinha apresentações no Rio de Janeiro e em São Paulo marcadas para o próximo fim de semana. Na Lapa, região central do Rio, os músicos fariam shows na próxima sexta-feira. Em São Paulo, eles cantariam no Terreirão do Galo. Os compromissos foram cancelados devido à morte do músico. Segundo a produção do grupo, a banda retomará a agenda a partir da segunda semana de novembro.


Extra



Enviar Comentário

O portal PB Agora esclarece aos internautas que o espaço democrático reservado aos comentários é uma extensão das redes sociais e, portanto, não sendo de responsabilidade deste veículo de comunicação. É válido salientar que qualquer exagero, paixão política e infrações à legislação são de responsabilidade de cada usuário, que possui sua própria conta na rede social para se manifestar, não tendo o PB Agora gerenciamento para aprovar, editar ou excluir qualquer comentário. Use o espaço com responsabilidade.