João Pessoa, 18 de Outubro de 2017

13 de Outubro de 2017

Privatização proposta por Temer é pilhagem do estado brasileiro, diz vereador de JP

Privatização proposta por Temer é pilhagem do estado brasileiro, diz vereador de JP

A Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP) realizou, na tarde da última quarta-feira (11), uma audiência pública para debater “a ameaça de privatização das empresas públicas”. A discussão foi proposta no âmbito da Comissão de Políticas Públicas da Casa, que tem o vereador Marcos Henriques (PT) como presidente. Aeroportuários, funcionários dos Correios, bancários, petroleiros, vigilantes, militantes de partidos e sindicalistas lotaram as dependências do Legislativo Municipal para discutir o tema.

De Marcos Henrique (PT), na audiência pública realizada na CMJP para discutir a privatização das empresas públicas, pelo Governo Temer. “Ele sequer conseguiria emprego no comércio, se precisasse, quanto mais ter carta branca para vender nosso patrimônio. Isso é a pilhagem do estado brasileiro”.

A mesa de trabalho foi composta pelos vereadores Marcos Henriques e Sandra Marrocos (PSB); pelo deputado estadual da Paraíba Anísio Maia (PT); o deputado estadual de Pernambuco Lucas Ramos (PSB); o presidente do Sindicato dos Trabalhadores na Indústrias Urbanas na Paraíba (Stiupb), Wilton Maia; a presidenta municipal do Partido dos Trabalhadores, Luzemira Linhares; o diretor do Sindicato Nacional dos Aeroviários, Rogério Varela; o diretor da Central Única dos Trabalhadores (CUT), Paulo Marcelo de Lima; o presidente do Sindicato dos Bancários da Paraíba, Marcelo de Lima Alves; o diretor da Federação Única dos Petroleiros (FUP), João Antônio de Moraes; o presidente da Nova Central Sindical de Trabalhadores na Paraíba (NCST-PB), Antônio Erivaldo; o presidente do Sindicato dos Trabalhadores dos Correios, Emanuel de Souza Santos; e o secretário geral da Federação Nacional dos Urbanitários (FNU), Pedro Damásio.

Marcos Henriques destacou que o país volta a viver sob a ameaça da entrega do patrimônio público nacional ao capital privado com a intenção de liquidar os ativos de 57 empresas nacionais, dentre elas, aeroportos, o sistema de geração e distribuição de energia elétrica, entre outras.

PB Agora



Enviar Comentário

O portal PB Agora esclarece aos internautas que o espaço democrático reservado aos comentários é uma extensão das redes sociais e, portanto, não sendo de responsabilidade deste veículo de comunicação. É válido salientar que qualquer exagero, paixão política e infrações à legislação são de responsabilidade de cada usuário, que possui sua própria conta na rede social para se manifestar, não tendo o PB Agora gerenciamento para aprovar, editar ou excluir qualquer comentário. Use o espaço com responsabilidade.