João Pessoa, 23 de Novembro de 2017

10 de Setembro de 2017

Deu empate no clássico Atletiba

Deu empate no clássico Atletiba

 Tanto o Atlético Paranaense, quanto o Coritiba terminaram o clássico realizado na manhã deste domingo na Arena da Baixada lamentando o empate em 1 a 1. Para a equipe da casa a lamentação vem por conta das inúmeras chances desperdiçadas, pelo lado do Coxa a tristeza vem pelo gol sofrido já nos minutos finais da partida, quando o resultado parecia definido.

Na tabela, o resultado acabou sendo ruim para o dois. Com o ponto somado o Furacão não consegue atingir o seu objetivo de recuperar a sua vaga no G4 do Campeonato Brasileiro, já que soma agora 30 pontos e o Vasco acumula 31. Já a equipe visitante não consegue se distanciar da zona de rebaixamento. Com 27 pontos, a distância para a zona da degola é de apenas dois pontos.

O jogo – A partida teve um início bastante brigado no meio de campo, porém sem chances claras para as duas equipes. Sem conseguirem criar chances a partir de trocas de passes, os dois times buscavam as chances através de cruzamentos na área.

Se pelo lado coxa branca estas chances não conseguiam ser aproveitadas, o Atlético Paranaense conseguia concluir as chances em direção a meta adversária. Aos 23, Ederson vence William Matheus no alto, porém a bola acaba pegando na rede pelo lado de fora. Cinco minutos depois, foi a vez do zagueiro Paulo André conseguir espaço para cabeçar, no entanto o zagueiro acertou a trave esquerda do goleiro Wilson.


foto: Marco Oliveira/Atlético/Site Oficial

A bola na trave fez com que o ritmo da partida aumentasse consideravelmente. Na primeira oportunidade do Furacão entrar na área com uma bola rasteira, o meia Lucas Fernandes acabou derrubado por Alan Santos dentro da área e o árbitro assinalou a penalidade. Na cobrança de Nikão a bola explodiu no pé da trave direita de Wilson e perdendo uma ótima oportunidade de gol aos 41 minutos.

Três minutos depois, o Coritiba voltou a utilizar a bola aérea tentando causar perigo ao gol adversário. Nesta oportunidade porém o ataque do Coxa finalmente conseguiu vencer a disputa aérea e abriu o placar com o desvio de Werley no cruzamento de Rafael Longuine.

A segunda etapa apresentou um jogo totalmente distinto em relação aos primeiros 45 minutos. Jogando diante de sua torcida, o Atlético se lançou ao ataque em busca do empate. E logo no terceiro minuto da partida, Lucas Fernandes arriscou um chute forte de fora da área, porém a bola foi bem interceptada pelo goleiro Wilson.

Aos 14, em nova bola cruzada na área, o zagueiro Paulo André acertou uma bela cabeçada no canto esquerdo do gol e exigiu nova defesa do goleiro adversário. Dez minutos mais tarde o Furacão acertou novamente a trave do Coxa após bela cobrança de falta de Felipe Gedoz. Aos 30, Ribamar ganha na velocidade e Walisson Maia mas chuta a bola cruzada direto pra fora.

Aos 38 minutos, Felipe Gedoz ia escapando do zagueiro Cléber e iria sair cara a cara com o goleiro, porém o defensor derrubou o atacante e o árbitro marcou a segunda penalidade em favor do time da casa. o próprio atacante foi para a cobrança e não desperdiçou, empatando a partida.O Furacão ainda teve uma ótima chance para virar a partida. Após bela assistência de Guilherme, Ribamar saiu cara a cara com Wilson e acabou acertando a trave do Coritiba pela quarta vez na partida.

Após apitar o final da partida, o zagueiro Weley foi conversar com o árbitro Anderson Daronco e acabou expulso pelo juiz.





Gazeta



Enviar Comentário

O portal PB Agora esclarece aos internautas que o espaço democrático reservado aos comentários é uma extensão das redes sociais e, portanto, não sendo de responsabilidade deste veículo de comunicação. É válido salientar que qualquer exagero, paixão política e infrações à legislação são de responsabilidade de cada usuário, que possui sua própria conta na rede social para se manifestar, não tendo o PB Agora gerenciamento para aprovar, editar ou excluir qualquer comentário. Use o espaço com responsabilidade.