João Pessoa, 23 de Agosto de 2017

12 de Agosto de 2017

Militar é expulso da polícia após participação em assalto a Correios

Militar é expulso da polícia após participação em assalto a Correios

 Um policial militar foi expulso da corporação após ter participado, junto com outros envolvidos, de um assalto a agência dos Correios na cidade de Conde no ano de 2002, na Região Metropolitana de João Pessoa. A decisão, assinada pelo governador Ricardo Coutinho, é fruto de julgamento de recurso administrativo interposto pelo PM e pode ser conferida a partir da página 5 do Diário Oficial do Estado (DOE) deste sábado (12)


À época, o militar e os outros envolvidos roubaram a quantia de R$ 14,4 mil da agência dos Correios. Pela participação no crime, o policial foi condenado a uma pena de nove anos de reclusão, sendo afastado da corporação.


Foi instaurado um Conselho de Disciplina, a fim de verificar se o militar praticou ato que afetou a honra pessoal, o pundonor militar ou o decoro da categoria. Após o trâmite processual, a Comissão Processante concluiu, por unanimidade, que o policial possuía capacidade de permanecer nas fileiras da Polícia Militar.


A Corregedoria da PM discordou da decisão e sugeriu a exclusão do policial da corporação. Seguindo entendimento judicial e pareceres administrativos, o Comandante Geral da Policia decidiu pela exclusão a bem da disciplina do militar Estadual. O PM ainda recorreu da decisão, mas teve o pedido negado.




Redação com COrreio



Enviar Comentário

O portal PB Agora esclarece aos internautas que o espaço democrático reservado aos comentários é uma extensão das redes sociais e, portanto, não sendo de responsabilidade deste veículo de comunicação. É válido salientar que qualquer exagero, paixão política e infrações à legislação são de responsabilidade de cada usuário, que possui sua própria conta na rede social para se manifestar, não tendo o PB Agora gerenciamento para aprovar, editar ou excluir qualquer comentário. Use o espaço com responsabilidade.