João Pessoa, 25 de Novembro de 2017

07 de Novembro de 2014

Jean Wyllys estreia como apresentador

Jean Wyllys estreia como apresentador

 Jean Wyllys estreia no Canal Brasil no comando do "Cinema em Outras Cores", no próximo dia 13 às 23h30. No programa, o jornalista propõe uma reflexão sobre a liberdade individual ao revelar diferentes olhares sobre o tema do curta-metragem exibido em cada edição.

Com curadoria do próprio Jean, foram selecionados 13 curtas-metragens que retratam as dores, os amores, as lutas e as esperanças de gays, lésbicas, bissexuais, transexuais e travestis.

"Cinema em Outras Cores é um investimento militante na diversidade cultural e humana", comenta Jean.

No primeiro programa, o jornalista recebe Robert Guimarães, diretor de "O Bolo". Os dois conversam sobre temas abordados no curta que tem Eriberto Leão e Fabíula Nascimento no elenco. Entre os assuntos, estão maconha para uso recreativo, liberdade individual, religiões e o poliamor dos personagens.

"O curta retrata um mundo que a gente quer. Um mundo sem conflito", comenta Jean. Após a exibição do filme, um chat será aberto no site do Canal Brasil para Jean conversar com o público em uma edição especial do Cine Chat.

Em "Cinema em Outras Cores", o apresentador receberá diretores, roteiristas e atores de todas as regiões do Brasil para uma conversa sobre suas obras e temas como, por exemplo, diversidade sexual.

Daniel Ribeiro, René Guerra, Paula Lice, Fábio Audi e Bárbara Roma são alguns dos nomes confirmados para a primeira temporada, que terá filmes como "Quem Tem Medo de Cris Negão?" e "Eu Não Quero Voltar Sozinho", curta que deu origem ao longa "Hoje Eu Quero Voltar Sozinho".

"Um programa que abre espaço para novas representações audiovisuais da homossexualidade e da transexualidade ajuda os telespectadores a repensarem seus preconceitos e fobias em relação aos outros", comenta Jean Wyllys.


UOL



Enviar Comentário

O portal PB Agora esclarece aos internautas que o espaço democrático reservado aos comentários é uma extensão das redes sociais e, portanto, não sendo de responsabilidade deste veículo de comunicação. É válido salientar que qualquer exagero, paixão política e infrações à legislação são de responsabilidade de cada usuário, que possui sua própria conta na rede social para se manifestar, não tendo o PB Agora gerenciamento para aprovar, editar ou excluir qualquer comentário. Use o espaço com responsabilidade.