João Pessoa, 18 de Setembro de 2014

29 de Janeiro de 2014

Deputado paraibano sofre nova ‘baixa’ no seu grupo político; algoz da vez é Wilson Filho

Deputado  paraibano sofre nova ‘baixa’ no seu grupo político; algoz da vez é Wilson Filho

RASTEIRA: deputado federal paraibano sofre nova ‘baixa’ no seu grupo político; algoz da vez é Wilson Filho

Após sofrer defecções políticas no seu grupo na cidade de Mari no agreste paraibano, o deputado federal Benjamin Maranhão (Solidariedade), sofreu um novo desfalque no seu projeto de reeleição na Câmara Federal, a nova baixa é na região do Cariri.


Se depender da vontade do prefeito de Boqueirão, o jovem João Paulo Segundo (PSD), o sobrinho de Zé Maranhão ficará chupando dedo no próximo pleito e os votos dos eleitores da cidade que abriga um dos açude mais famosos do estado, tem um novo destino: o deputado federal Wilson Filho (PTB).


“Benjamin só ficou com 2 prefeitos, a de Araruna que é a sua tia e o de Tacima, enquanto Wilsinho tem mais de sessenta no seu projeto de reeleição!”, contou a fonte que pediu anonimato.Vivendo um verdadeiro inferno astral, Benjamin que já enfrenta uma concorrência desleal, agora vê um dos poucos prefeitos no seu projeto o abandinar.


“João Paulo decidiu por Wilson por que Benjamin não tem relacionamento, enquanto Wilsinho sempre liga e dá assistência, Benjinha desaparece e se quer atende aos telefones!”, relatou o interlocutor.


João Paulo Segundo é filho do ex-deputado João Paulo fiel aliado do grupo Maranhão, exerce o seu primeiro mandato em Boqueirão e derrotou no último pleito os grupo de Carlos Dunga (PTB) e o do ex-deputado João Fernandes (PSB) .Boqueirão tem mais de 16 habitantes.


A reportagem do PB Agora entrou em contato com o deputado federal Benjamin Maranhão nesta terça-feira e o seu  telefone permaceu desligado.

MARCHA RÉ: Após ameçar romper com o prefeito Luciano Cartaxo (PT) em João Pessoa, pois exigia uma secretaria, A bancada do partido Solidariedade na Câmara Municipal de João Pessoa se reuniu com o presidente da legenda na Paraíba, deputado federal Benjamim Maranhão, na manhã desta terça-feira e decidiu que não vai mais exigir uma secretaria no Governo Cartaxo, mas se mantém na base aliada.

O partido alega que é a maior bancada da base aliada na Câmara, mas não comanda nenhuma pasta na Administração Municipal, e por isso pleiteava uma secretaria e até ameaçava romper com o prefeito.Após a reunião de hoje, ficou decidido que o Solidariedade não vai mais pedir cargos na prefeitura, mas vai continuar emprestando apoio ao prefeito na Câmara e que toda articulação política da legenda será comandada pelo presidente Benjamim Maranhão.

Articulação que não foi muito bem iniciada pelo sobrinho de Zé Maranhão.


PB Agora

Enviar Comentário

Em respeito à legislação eleitoral, o portal PB Agora esclarece aos internautas que o espaço democrático reservado aos comentários é uma extensão das redes sociais e, portanto, não sendo de responsabilidade deste veículo de comunicação. É válido salientar que qualquer exagero, paixão política e infrações à legislação são de responsabilidade de cada usuário, que possui sua própria conta na rede social para se manifestar, não tendo o PB Agora gerenciamento para aprovar, editar ou excluir qualquer comentário. Use o espaço com responsabilidade.