João Pessoa, 21 de Agosto de 2014

11 de Novembro de 2013

Blocão prepara novidades para 2014

Blocão prepara novidades para 2014

ARMA SECRETA: PB Agora revela novidade no Blocão que estremece os bastidores da política paraibana

Major Fábio sobre aliança do PROS com PP-PT-PSC: “Seríamos uma força política quase imbatível”

Sintonizado com os bastidores políticos, o PB Agora destrincha uma nova tese que pode mudar os rumos da sucessão estadual de 2014.  A ideia seria o apoio do Blocão (PT-PP-PSC) ao deputado federal Major Fábio, que preside na Paraíba o recém-criado PROS. Jovem policial militar reformado, completou 44 anos na semana passada e é considerado uma das maiores revelações da política paraibana nos últimos anos.

Na ausência de representantes dispostos a “sacrificar” os seus mandatos para uma difícil batalha pelo Governo do Estado em 2014, à tendência seria uma composição com o Major Fábio. O acordo, inclusive, já teria guarida em Brasília com a bênção do Palácio do Planalto, que anunciou na última quarta-feira (6) a formação do bloco PP/PROS com 57 deputados na Câmara Federal.

A união das siglas tem dois objetivos: aumentar o poder de negociação na Câmara, onde será a terceira maior bancada, atrás apenas de PT e de PMDB, elevando o cacife para negociar maior participação no governo Dilma.

Além do acordo nacional com o PP, o presidente do PROS na Paraíba, deputado Major Fábio, mantém um bom relacionamento tanto com o PT, quanto com o PSC, todos integrantes do blocão. E, dependendo das conversas, Major Fábio poderá representar a corrente política na condição de candidato ao governo em 2014.



Em conversa com a reportagem do PB Agora, o deputado comentou a possibilidade com entusiasmo.

“Quem é que não gostaria de ter o apoio de um ministro? A conversa com Aguinaldo não aconteceu ainda. Eu acho que a gente não pode ser tardio para o lançamento. A nossa candidatura já aparece em algumas pesquisas e podemos conversar com o Blocão sem problema. Tenho certeza que seríamos força política quase imbatível”, afirmou de maneira entusiasmada.

“A preço de hoje eu não abro mão desse pensamento de disputar o Governo do Estado pelo PROS, essa é a determinação da legenda, ou seja, a de ter candidatura própria, no entanto, esse é o meu pensamento hoje. Mas se eu ingressasse no Blocão eu iria propor como critério a aferição de pesquisas para a escolha do nome”, acrescentou.

Ele também justificou a importância de pesquisas para balizar a pré-campanha: "Foi desse jeito que Luciano Cartaxo virou prefeito de João Pessoa. Era citado com cinco pontos e venceu a eleição. Temos uma rejeição baixa e a experiência de mais de cinco anos na Câmara Federal".

Major Fábio revelou ter tido dificuldades para entrar no debate eleitoral até o momento.

"Não iniciei a minha pré-campanha porque não tinha sequer um partido. Não tive oportunidade de promover nenhum encontro no PROS ainda, mas estou disposto a ir à luta. Não serei candidato a deputado federal. O PROS terá candidato a governador", garantiu. 

Major Fábio obteve mais de 68 mil votos nas eleições de 2010 e assumiu o mandato em razão da vitória do tucano Romero Rodrigues à prefeitura de Campina Grande. O deputado tem sido um contundente crítico da gestão do governador Ricardo Coutinho (PSB).

Poderá ser a "arma secreta" do Blocão e tornar-se o fiel da balança em 2014.

Ytalo Kubitschek

PB Agora  

Enviar Comentário

Em respeito à legislação eleitoral, o portal PB Agora esclarece aos internautas que o espaço democrático reservado aos comentários é uma extensão das redes sociais e, portanto, não sendo de responsabilidade deste veículo de comunicação. É válido salientar que qualquer exagero, paixão política e infrações à legislação são de responsabilidade de cada usuário, que possui sua própria conta na rede social para se manifestar, não tendo o PB Agora gerenciamento para aprovar, editar ou excluir qualquer comentário. Use o espaço com responsabilidade.