João Pessoa, 26 de Julho de 2014

17 de Maio de 2013

Governistas ‘se vingam’ de prefeito votando contra população

Governistas ‘se vingam’ de prefeito votando contra população

TIRO NO PÉ: vereadores de importante cidade traem prefeito e prejudicam população com perda de benefícios

Quatro vereadores que integram a bancada governista na Câmara Municipal de Sapé, na Paraíba, se uniram à bancada de oposição essa semana para ajudar a derrubar um projeto encaminhado pelo executivo que visava isentar de multas e de juros e ainda parcelar os débitos fiscais dos contribuintes, mas acabaram dando, literalmente, um tiro no pé ao votar contra algo que beneficiaria o povo.

O projeto que poderia beneficiar os moradores da cidade teria sido rejeitado pelo quarteto de vereadores como forma de pressionar o prefeito Roberto Feliciano (PSB) a ceder mais espaços e cargos para apadrinhados na gestão municipal. Os vereadores, aliados do prefeito, estariam querendo solucionar os problemas de suas bases eleitorais em menos de seis meses de gestão.

Conforme o texto, o projeto do executivo visava principalmente parcelar os débitos de impostos como o ISS e o IPTU em até 48 vezes. Os governistas que votaram contra o projeto foram Jojó do DEM, Lalinha, do PMDB, Doguinha do PMDB e Arquimedes do DEM.

Da bancada de oposição, votaram contra o projeto os vereadores Elton Serafim, do PR, Robson Coruja, do PT do B, Dezinha, do PP e Pinheiro Junior do PT do B. Com a rejeição do projeto, toda a cidade foi prejudicada.

Informações colhidas pelo PB Agora dão conta que uma manifestação está sendo preparada por lideranças sindicais e representantes da sociedade em protesto contra a prática ditatorial dos parlamentares.


PB Agora

Enviar Comentário

Em respeito à legislação eleitoral, o portal PB Agora esclarece aos internautas que o espaço democrático reservado aos comentários é uma extensão das redes sociais e, portanto, não sendo de responsabilidade deste veículo de comunicação. É válido salientar que qualquer exagero, paixão política e infrações à legislação são de responsabilidade de cada usuário, que possui sua própria conta na rede social para se manifestar, não tendo o PB Agora gerenciamento para aprovar, editar ou excluir qualquer comentário. Use o espaço com responsabilidade.