João Pessoa, 23 de Setembro de 2014

10 de Novembro de 2012

Veículo apreendido é arrematado por R$ 100 em leilão do Detran na Paraíba

Veículo apreendido é arrematado por R$ 100 em leilão do Detran na Paraíba

 O Departamento de Trânsito (Detran) da Paraíba negociou todos os 251 veículos apreendidos que haviam sido colocados à disposição para leilão na tarde deste sábado (10). O menor lance a arrematar um carro foi de R$ 100, resultando na venda de um Chevrolet Marajó, modelo 1986. De acordo com o Detran da Paraíba, apenas na primeira hora e meia do leilão, os 50 primeiros lotes já tinham sido vendidos a compradores até de outros estados.

O anúncio do valor apurado com a venda dos veículos apreendidos será divulgado apenas na próxima segunda-feira (12), segundo o Detran-PB. O leilão aconteceu no galpão do setor de vistoria da sede do órgão, localizada no bairro Mangabeira VII, em João Pessoa. De acordo com o presidente da Comissão Especial de Leilão de Veículos Apreendidos (Celva), Pedro Erival Costa, um novo leilão com outros veículos apreendidos deve ser realizado em um prazo de 90 dias.

Os veículos leiloados foram apreendidos por infração ao código de trânsito e não foram retirados pelos proprietários nos prazos e na forma da legislação. De acordo com o estado de conservação, os veículos são classificados entre recuperáveis ou sucatas. O valor arrecado com o leilão será usado pelo Detran para quitação de débitos pendentes sobre o veículo leiloado.


Os bens arrematados poderão ser retirados a partir do dia 19 deste mês, das 8 às 17h, desde que devidamente comprovada a quitação do lote arrematado e a comprovação bancária da compensação dos cheques, mediante autorização da Comissão Especial de Leilão de Veículos Apreendidos (Cleva), com a apresentação do CPF, RG e CNH do arrematante. Decorrido o prazo de 30 dias, contados da data do recebimento da nota fiscal, sem que o arrematante tenha providenciado a retirada do lote do Pátio do Detran ou do BPTran, será considerado desistente e perderá, em favor do Detran, o valor integral (lance mais 10%) pago pela arrematação do lote, que será levado novamente a leilão.

O primeiro carro arrematado foi um Ford Escort, ano 1997, comprado por 600 reais, por Inácio Araújo, que disse que era para uso próprio e deixou o local satisfeito com o negócio fechado em poucos minutos. Em seguida, foi vendido o primeiro carro importado. Um Audi A3, ano 1997, arrematado por R$ 9.500.

Os veículos arrematados estão recolhidos no pátio do Detran, em Mangabeira, e no pátio do Batalhão de Policiamento de Trânsito (BPTran, no bairro do Róger, em João Pessoa. O último leilão realizado pelo Detran foi em 2008, mas a diretoria do órgão informou que a intenção do governo da Paraíba é passar a realizar os leilões com mais frequência, evitando o acúmulo de veículos no pátio e aumento da dívida dos ex-proprietários.

G1

Enviar Comentário

Em respeito à legislação eleitoral, o portal PB Agora esclarece aos internautas que o espaço democrático reservado aos comentários é uma extensão das redes sociais e, portanto, não sendo de responsabilidade deste veículo de comunicação. É válido salientar que qualquer exagero, paixão política e infrações à legislação são de responsabilidade de cada usuário, que possui sua própria conta na rede social para se manifestar, não tendo o PB Agora gerenciamento para aprovar, editar ou excluir qualquer comentário. Use o espaço com responsabilidade.