João Pessoa, 26 de Agosto de 2016

03 de Agosto de 2012

Operação embarga 116 hectares de desmatamentos ilegais

Operação embarga 116 hectares de desmatamentos ilegais

Operação Borborema II embarga 116 hectares de desmatamentos ilegais no bioma caatinga na PB

A Superintendência do Ibama na Paraíba reealizou, entre os dias 18 e 27 de julho, a Operação Borborema II, de combate ao desmatamento ilegal da caatinga e outros crimes ambientais nas regiões paraibanas do Curimataú, Cariri e Sertão. O foco principal da fiscalização foi em indicativos de desmatamentos detectados por meio da análise de imagens de satélites feita pelo Núcleo de Geoprocessamento do Ibama na Paraíba.

Doze áreas onde a caatinga foi destruída sem autorização, somando 116,7 hectares, tiveram os responsáveis autuados e as atividades embargadas, tendo em vista a regeneração da vegetação nativa. As multas aplicadas durante a operação totalizaram R$ 120 mil.

Além dos desmatamentos ilegais, a Operação Borborema II também verificou o cumprimento de embargos de atividades feitos em operações anteriores e atendeu denúncias da Linha Verde (0800 61 8080). Dois empreendimentos de extração de argila e areia que funcionavam sem licenciamento ambiental foram autuados e embargados em São João do Rio do Peixe e em Marizópolis.

As equipes de fiscalização também realizaram barreiras em áreas onde há denúncias de caça, nos municípios de Passagem, Areia de Baraúnas e Quixaba, para coibir a prática ilegal. 15 aves silvestres recém capturadas que foram encontradas em cativeiros ilegais foram soltas pelos agentes ambientais federais em seus habitats.

Na avaliação do coordenador da operação, o analista ambiental Jaime Pereira, ?a presença constante da fiscalização nas regiões do Sertão, Cariri e Curimataú é necessária para inibir a prática dos ilícitos contra o meio ambiente, em especial do desmatamento criminoso da caatinga e a caça predatória, que tem consequências severas para toda a população.?

A Operação Borborema II faz parte do Planejamento Nacional Anual de Proteção Ambiental do Ibama (Pnapa).



Redação com Assessoria



Em virtude do período eleitoral o portal PB Agora suspenderá a veiculação de comentários na página. A medida visa cumprir o que preconiza a Lei da Eleições 9504/97, evitando que exageros, insultos ou até tratamento privilegiado a candidato, partido ou coligação ganhe notoriedade através deste veículo de comunicação em intervalo vedado. Após o período eleitoral, os comentários voltarão a ser visualizados no site.