João Pessoa, 19 de Dezembro de 2014

02 de Março de 2012

Call center: Sine inicia cadastro

Call center: Sine inicia cadastro

Sine inicia cadastro de pessoas para trabalhar em empresa de Call Center

O Sistema Nacional de Empregos de João Pessoa (Sine-JP) já iniciou o cadastro de currículos dos interessados em trabalhar na unidade de Call Center que será instalada em João Pessoa nos próximos três meses. O empreendimento vai gerar aproximadamente três mil empregos diretos entre atendentes de telemarketing, serviços gerais, eletricista, encanador e serviços administrativos. Nesta quarta-feira (29), a Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) assinou protocolo de intenções para a construção da empresa.


Segundo Ludmila Araújo, coordenadora do Sine-JP, devem ser cadastrados mais de 10 mil pessoas que participarão da seleção às vagas. "Iremos selecionar os candidatos interessados que se encaixem no perfil da empresa e também analisaremos os currículos de candidatos já cadastrados no sistema do Sine, bem como das pessoas cadastradas no Projovem. A prefeitura também vai capacitar a mão de obra”, afirmou.


A coordenadora ressaltou que a principal intenção é oferecer oportunidade de emprego a jovens e adultos que estão em busca do primeiro emprego. "Vamos levar em consideração na hora da escolha àqueles candidatos que tem mais facilidade de comunicação, boa dicção, que estão em busca do primeiro emprego e que possuem ensino médio completo”, explicou.


Parceria – A AeC, empresa de consultoria e telemarketing deve começar a funcionar em João Pessoa dentro de 90 dias. A PMJP em parceria com o Governo do Estado assinou na manhã desta quarta-feira (29), um protocolo de intenções para a construção do empreendimento, que vai funcionar na esquina da rua Cícero Medeiros com a avenida Francisco Londres, no bairro do Varadouro, em frente ao Terminal Rodoviário.


De acordo com o diretor do Conselho de Administração da AeC, Cássio Rocha de Azevedo, a escolha pela Paraíba se deu pela localização geográfica, pelo potencial da força de trabalho e pelo interesse do governo estadual e da PMJP em trazer o empreendimento.


Oportunidade – O foco da empresa é a contratação de jovens entre 18 e 24 anos. Segundo informações da Secretaria de Planejamento (Seplan), os alunos do Projovem serão os maiores beneficiados. A Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes) também vai participar do processo de captação de trabalhadores. O secretário da Sedes, Lau Siqueira, disse que vai acontecer uma adequação de alguns projetos de capacitação de jovens, inclusive, os que estão em famílias atendidas pelo programa Bolsa Família.


Secom-JP



Enviar Comentário

O portal PB Agora esclarece aos internautas que o espaço democrático reservado aos comentários é uma extensão das redes sociais e, portanto, não sendo de responsabilidade deste veículo de comunicação. É válido salientar que qualquer exagero, paixão política e infrações à legislação são de responsabilidade de cada usuário, que possui sua própria conta na rede social para se manifestar, não tendo o PB Agora gerenciamento para aprovar, editar ou excluir qualquer comentário. Use o espaço com responsabilidade.