João Pessoa, 18 de Outubro de 2017

27 de Outubro de 2011

Aldemir sai em defesa de vereador acusado de pedofilia

Aldemir sai em defesa de vereador acusado de pedofilia

O deputado José Aldemir (DEM) saiu em defesa do presidente da Câmara de Cajazeiras, o vereador Marcos Barros (PSDB) acusado de abuso sexual contra menor ocorrido na sede legislativa. A denúncia foi propagada pelo também deputado Vitoriano de Abreu (PSC) que fez uso da tribuna da Assembleia Legislativa da Paraíba, na manhã desta quinta-feira (27), para tornar pública a denúncia contra o vereador do Sertão e Aldemir foi defendê-lo.

“A denúncia que o deputado Vitoriano fez foi extremamente grave. Estou aqui não para contraditar e sim para dizer que ele agiu com precipitação ao fazer uma acusação completamente descabida. Não tenho conhecimento de causa, nem testemunhei qualquer fato que envergonhe a Paraíba. Conheço o presidente da Câmara de Cajazeiras, ele é um homem público que até hoje tem agido de maneira respeitosa. Tenho certeza que jamais ele iria cometer um ato de tamanha irresponsabilidade”, destaca Aldemir.

O deputado confidenciou ainda que teve conversas com o vereador e que ele está juntando provas para se defender das denuncias feitas. E alegou também que a acusação é fruto de interesse político.

“Estou informado que a menor em depoimento ao promotor de justiça declarou de maneira incisiva que não teve qualquer ato com o vereador Marcos Barros, a denúncia é grave. Fazer uma acusação de tamanha gravidade é comprometer uma família, ele tem esposa e filhos, isso macula a história de qualquer cidadão. Essa história nasceu e tomou corpo por interesse político. O secretário Junior Araújo foi o mentor dessa montagem com interesse político para servir à Deus e ao Diabo”, explica.

 Foto do vereador Marcos Barros



Em entrevista a uma emissora de rádio, o vereador prometeu acionar o deputado Vitoriano de Abreu por calúnio e difamação. Vitoriano acusou o presidente do legislativo municipal em pronunciamento na tribuna da Assembleia Legislativa, que é transmitida em tempo real pela TV Assembleia.

Com informações de Henrique Lima

PB Agora  



Enviar Comentário

O portal PB Agora esclarece aos internautas que o espaço democrático reservado aos comentários é uma extensão das redes sociais e, portanto, não sendo de responsabilidade deste veículo de comunicação. É válido salientar que qualquer exagero, paixão política e infrações à legislação são de responsabilidade de cada usuário, que possui sua própria conta na rede social para se manifestar, não tendo o PB Agora gerenciamento para aprovar, editar ou excluir qualquer comentário. Use o espaço com responsabilidade.